A influência potencial das cinzas de casca de arroz em argamassas auto adensáveis: casos da resistência mecânica e da absorção d’água

AUTOR(ES)
FONTE

Matéria (Rio J.)

DATA DE PUBLICAÇÃO

18/10/2018

RESUMO

RESUMO O estudo apresenta uma experiência do uso de cinzas de casca de arroz (C.C.A) para a produção de argamassas auto adensáveis. Para tanto, utilizou-se cimento CPZ II 32, areia natural, cinza de casca de arroz industrializada, superplastificante de atuação estérica e eletrostática, e água. Foram produzidos dois tipos de argamassas, sendo uma série a ser adensada com o auxílio de vibração, e uma outra série com a incorporação de C.C.A no teor de 35% com relação ao valor da massa do cimento, e de superplastificante, a ser adensada pela ação do seu peso próprio. Os valores da relação água/cimento adotados foram 0,40, 0,50 e 0,60 para os casos de argamassas vibradas e 0,68, 0,63 e 0,55 para os casos de argamassas auto adensáveis. Para os casos de argamassas vibradas foram realizados no estado fresco os ensaios de consistência com auxílio da mesa de golpes, ensaios de abatimento, e da avaliação da massa específica aparente; e para as argamassas auto adensáveis foram realizados no estado fresco os ensaios de espalhamento “slump-flow” e o ensaio de escoamento confinado com auxílio do funil; além da avaliação da massa específica aparente. No estado endurecido foram realizados os ensaios de resistência à compressão simples e diametral, e de absorção d’água aos 7, 28, 60 e 90 dias de cura. Observou-se que as argamassas com a adição de C.C.A e as vibradas apresentaram condições de mobilidade compatíveis com relação à cada caso e ausência de segregação; as argamassas com C.C.A apresentaram valores de resistência mecânica ligeiramente superiores aos apresentados pelas argamassas vibradas, assim como apresentaram valores de absorção inferiores, não obstante os valores mais elevados para a relação “água/cimento” em comparação aos casos das argamassas vibradas.

ASSUNTO(S)

argamassa auto adensável cinzas de casca de arroz propriedades mecânicas absorção

Documentos Relacionados

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo