A formação do técnico em enfermagem: perfil de qualificação

AUTOR(ES)
FONTE

Ciênc. saúde coletiva

DATA DE PUBLICAÇÃO

20/12/2019

RESUMO

Resumo A identificação do atual perfil de formação profissional de auxiliares e técnicos de enfermagem (A&TE) se torna elemento central na compreensão da dinâmica da qualificação desses trabalhadores em diferentes Estados, com o objetivo de revelar tanto a existência de tendências para sub e sobrequalificação, quanto a participação do setor público na oferta e expansão dos cursos de enfermagem no país. O artigo explora três aspectos relevantes da formação profissional a partir dos resultados encontrados na pesquisa “Perfil da Enfermagem no Brasil (FIOCRUZ/COFEN)”: o nível de escolaridade/qualificação; a distribuição geográfica e a participação governamental na consolidação do quadro atual. Trata-se de um estudo analítico baseado na interpretação de indicadores definidos pelo Coeficiente de Assimetria de Pearson. O estudo utiliza o banco de dados gerado pela pesquisa, além de dados do MEC/Inep e do IBGE. Os resultados alcançados estabelecem relações entre as características de formação, distribuição de A&TE em todos os estados brasileiros com o fenômeno da superqualificação, além de evidenciar um aparente descolamento da Rede Federal de Educação com a real demanda por técnicos de enfermagem no país.Abstract The identification of the current vocational training profile of nursing aides and technicians becomes a central element in understanding the dynamics of their qualification in several states, aiming to expose both the existence of trends for under- and overqualification and the participation of the public sector in the offer and expansion of nursing courses in the country. The article explores three relevant aspects of vocational training based on the results found in the research “Nursing Profile in Brazil (FIOCRUZ/COFEN)”: the level of schooling/qualification; the geographical distribution and the governmental participation in the consolidation of the current situation. This is an analytical study based on the interpretation of indicators identified by Pearson's Asymmetry Coefficient. The study uses the database generated by the research, as well as data from MEC/Inep and IBGE. The achieved results establish relations between the characteristics of training, distribution of NA&T in all Brazilian states with the phenomenon of overqualification, besides revealing an apparent separation of the Federal Education Network from the actual demand for nursing technicians in the country.

Documentos Relacionados