A Experiência Religiosa/Espiritual de Lésbicas, Gays e Bissexuais: Uma Revisão Integrativa de Literatura

AUTOR(ES)
FONTE

Psic.: Teor. e Pesq.

DATA DE PUBLICAÇÃO

02/12/2019

RESUMO

Resumo Buscou-se caracterizar a produção científica acerca da experiência da religiosidade/espiritualidade (R/E) em lésbicas, gays e bissexuais (LGBs), via revisão integrativa de literatura nacional e internacional, no período de 2005 a 2015. A busca foi feita nas bases de dados SciELO, PePSIC, LILACS, IndexPsi, PsycINFO, PUBMED e E-journals, sendo identificados e analisados 58 artigos após a consideração dos critérios de inclusão e exclusão. Foram encontrados exclusivamente, estudos internacionais, predominando artigos norte-americanos, empíricos, transversais e qualitativos. As principais categorias de análise qualitativa versam sobre: integração R/E e homossexualidade; R/E como fator de risco e/ou proteção para LGBs; homonegatividade internalizada; e prática clínica. Ressalta-se a contribuição do estudo para a literatura nacional, bem como a relevância da R/E na vivência de LGBs.Abstract The objective is to characterize the scientific production regarding the religious/spiritual experience among lesbians, gays, and bisexuals (LGBs) from an integrative literature review, both national and international, from 2005 to 2015. The authors reviewed data from SciELO, PePSIC, LILACS, IndexPsi, PsycINFO, PUBMED, and E-journals. Therefore, they identified and analyzed 58 articles that took into account the inclusion and exclusion criteria. The main categories of qualitative analysis relate to integration between religiousness/spirituality and homosexuality, and religiousness /spirituality as a risk and/or protection factor for GLBs, internalized homonegativity, and therapeutic context. The studies highlight the contribution to the national literature scene, as well as the importance of religion/spirituality in the life of LGBs.

Documentos Relacionados

Um Artigo Científico Pronto em 5 Passos? Como? É exatamente isso que você vai ver aqui. Então, você tem que fazer um Artigo Científico? Esse é modelo do seu TCC? Pode abrir um leve sorriso, afinal, o Artigo Científico é o modelo que menos exige conteúdo de texto. Trocando em miúdos, é o menor dos trabalhos acadêmicos em termos de volume de texto. Assim como todos os demais Trabalhos Científicos e Acadêmicos, o Artigo Científico Pronto tem apenas 3 Elementos: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão. E, antes Ler artigo

Para ter um TCC pronto, é preciso perder o medo. E se você está perdido ou se sentido incapaz, você precisa saber: A Culpa não é sua! Descubra Agora a Mentira que te venderam (por um tempo, eu também comprei…) Quem tem medo do TCC? Eu não sei você, mas, durante um bom tempo, eu tive muito! Eu me sentia perdido, sozinho e incapaz de fazer o meu trabalho. Eu tinha certeza de que nuca teria um TCC pronto. E se você acha que o Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo