A construção de uma cidade-monumento: o caso de Ouro Preto

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

1999

RESUMO

Busca este estudo estabelecer uma leitura de Ouro Preto sob a ótica de sua preservação, acompanhando a trajetória da cidade, desde o seu é surgimento e consolidação no século XVlll, passando pelas transformações ocorridas no século XIX , o esvaziamento provocado pela mudança da capital e li a sua gradativa transformação em monumento, no século XX. Na dissertação são identificados os momentos mais significativos tanto para a construção da imagem da cidade quanto para o seu reconhecimento como bem cultural. Com maior detalhe, o estudo propõe-se a identificar e caracterizar as várias fases e modalidades que as ações e procedimentos voltados para a conservação e restauração a cidade assumem ao longo deste século. Nas três primeiras décadas do século XX, por ação dos discursos, a cidade passa a encarnar valores essenciais na construção da identidade nacional. Esses discursos ,que têm sua origem ainda no século XIX, são retomados e consolidados por ocasião do bicentenário de Ouro Preto. A partir de artigo publicado, em 1916, por Alceu de Amoroso Lima, a cidade será sucessivamente visitada por intelectuais e artistas. O relato e a ação desses novos viajantes vão fazer com que os valores da cidade adquiram reconhecimento no plano nacional, suscitando a adoção de medidas concretas para a sua tutela e salvaguarda.Com a elevação de Ouro Preto a condição de monumento Nacional essas medidas adquirem consistência institucional e operativa. A criação da inspetoria dos Monumentos Nacionais e, depois, do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, vão fazer com que na cidade sejam aplicados e desenvolvidos os conceitos, as metodologias e as praticas de conservação e restauro.l De uma primeira abordagem museológica, passa-se a uma visão monumental e arquitetônica, que caracteriza a primeira fase do SPHAN até d chegar ao tratamento da questão nas dimensões e com os instrumentos urbanísticos, que se fizeram necessárias a partir do final dos anos sessenta. Verifica­se, a partir dos anos oitenta, o surgimento de novas posturas e X l orientações. Por essa ocasião, assiste-se a iniciativas de articulação e harmonização das várias instituições e agentes. A Cidade, ameaçada pela continuidade dos fenômenos de degradação iniciados com o adensamento e pelos problemas causados pelas fortes chuvas de l979, busca implementar um programa de conservação integrada,. Essas ações, entretanto, não adquiriram consistência e organicidade.Com os novos entendimentos sobre a conservação das cidades eas disposições da Constituição Federal de 1988, o município de Ouro Preto deve passar a atuar, ativamente, na salvaguarda. A estrutura administrativa prevista pela Lei Orgânica promulgada neste mesmo ano, a elaboração de Planos Diretores, em1991 e 1996 e a promoção de ações articuladas, indicam esse novo caminho.A grande questão que agora se apresenta, e permanece em aberto, e a de como operacionalizar a conservação integrada da Cidade, envolvendo suas instituições, a comunidade, os profissionais e os técnicos, dotando-os,ao mesmo tempo,de todos os instrumentos e recursos necessários,

ASSUNTO(S)

arquitetura barroca ouro preto (mg). arquitetura teses. ouro preto (mg) arquitetura.

Documentos Relacionados

Uma Monografia Pronta em 5 Passos? Veja como isso é possível AGORA! Seu TCC é uma Monografia?… hum… como é que eu vou te dizer isso… o gato subiu no telhado… Tô Brincando! Mas eu tenho uma boa e uma má notícia para te dar. Qual você quer primeiro?… bom, não vai dar para esperar você responder, então, vou começar pela ruim mesmo: a monografia é o modelo de TCC que mais tem volume de conteúdo, principalmente se a gente comparar com um artigo científico, por exemplo. Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo

Você sabe o que escrever na introdução do seu TCC? Você já parou na frente do seu computador sem ter a menor ideia sobre a introdução do seu TCC, o que escrever e por onde começar? Eu já passei por isso. E como eu não desejo essa situação para ninguém, é hora de resolver esse problema. Muita gente, mas muita gente mesmo me pergunta: “Amilton, o que eu devo escrever na Introdução do meu TCC?” Aí vai a resposta: A Introdução do seu TCC é Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Que tal aprender, de uma vez por todas, como fazer uma Justificativa de TCC, aplicando a poderosa técnica do Roteiro de Consequências? É impressionante! O quê? A técnica do Roteiro de Consequências? Sim. Ela também. E você vai conhecer essa técnica no vídeo deste artigo e vai ver Como Fazer a Justificativa do TCC com base em 2 exemplos simples e práticos. Para você, finalmente, deixar a sua Justificativa de TCC pronta! Mas, primeiro, eu preciso dizer: É impressionante! Como a Justificativa é um ponto Ler artigo