A construção da autoridade entre os donos de barco no Aventureiro, Ilha Grande - RJ: uma etnografia das relações de poder

AUTOR(ES)
FONTE

Sociedade e Estado

DATA DE PUBLICAÇÃO

2011-12

RESUMO

Este artigo propõe analisar a articulação entre as esferas de poder local e o poder público, a partir de uma descrição etnográfica da organização social e de como, nesta, se estrutura a autoridade política local. Nesse processo de construção da autoridade local, na praia do Aventureiro, Ilha Grande - RJ, o poder político e a autoridade legitimada pelos moradores estão diretamente ligados à posse dos barcos e dos campings mais prósperos. Os donos de barco no Aventureiro assumem, nesse contexto, o papel de representantes legítimos do povoado na negociação com órgãos da Prefeitura e do Estado, na defesa dos direitos dos moradores, assumindo um papel de representação da organização doméstica (em famílias e grupos vicinais) nas relações políticas com o Estado.

ASSUNTO(S)

poder local conflito ambiental turismo mudança social barcos

Documentos Relacionados