A conceptual model for metadata-based frameworks.

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2010

RESUMO

Framework can be considered an incomplete software with some points that can be specialized to add application-specific behavior, allowing not only source code reuse but also design reuse. Techniques for developing frameworks evolved, starting from the usage of inheritance and composition and passing through more sophisticated ones, such as reflection and introspection. Recent frameworks employ the strategy to define a specific metadata schema for applications to use in their classes and programming elements, enabling framework behavior customization. Despite this technique is being widely used, there are not models, design patterns or development guidelines that aim to help in the creation of this kind of framework. This thesis proposes a conceptual model for metadata-based frameworks that has the aim to identify appropriate solutions for its internal structure and scenarios where it is suitable for. A pattern language presents design solutions aiming a greater flexibility in the structure of this kind of framework and a collection of architectural patterns proposes scenarios for their usage. Some frameworks were developed by students using the proposed pattern solutions and the results of their usage were assessed using questionnaires. Additionally, an experiment was conducted evaluating the metadata-based framework usage in the identified scenarios, observing the consequences comparatively to approaches without frameworks and with a traditional framework. As a result, software architects and framework developers with this conceptual model should be able to identify situations where the metadata usage is appropriate and to design suitable solutions that provides flexibility in metadata reading and processing.

ASSUNTO(S)

desenvolvimento de software estruturas (processamento de dados) arquitetura de software metadados programação orientada para objetos

Documentos Relacionados

Finalmente… a Conclusão do TCC em 3 Passos Simples! Se você disser que eu falei isso, eu nego, mas, para mim, a Conclusão do TCC deveria ter outro nome. Algo como: A Doce Arte de Encher Linguiça! Seus professores e orientadores podem até tentar te convencer do contrário. Podem usar inúmeros argumentos para te convencer de que a conclusão do TCC é um elemento fundamental, e, dependendo da retórica do seu professor, você até pode comprar essa bobagem como verdade. Mas se você conhece o Ler artigo

Se você quer aprender Como Fazer Citações para o TCC de forma fácil e não ser acusado de plágio, então, recomendo fortemente que leia esse artigo até o final… E não se esqueça de assistir o vídeo logo abaixo! Imagina só… você fez todo o seu TCC, está aliviado, radiante, tirou um peso das costas… aí, PAH! Seu orientador diz que o seu trabalho tem Plágio e, por isso, vai ser reprovado. Não!!!! Aí vai uma notícia que talvez você não saiba, SE VOCÊ FEZ Ler artigo

Como fazer TCC? Nas últimas semanas tenho visto milhares de alunos com dificuldades, sem saber o que fazer, que simplesmente ficam parados na frente do computador e não conseguem escrever uma única palavra sequer. Neste texto, nós vamos ver como mudar essa situação de uma vez por todas! Alguns alunos me mandam e-mails perguntando Como Fazer TCC passo a passo. Bom, em primeiro lugar, essa é uma dificuldade muito comum, vivida por 99,9% dos alunos de faculdades no Brasil e no mundo! Os outros 0,01% Ler artigo

Se o seu (des)orientador pediu para você fazer os Resultados e Discussão no TCC, mas não te explicou o que é isso e nem mostrou Como Fazer, este artigo é para você! Você quer Aprender Definitivamente O Que São e Como Fazer os Resultados e Discussão no seu TCC, não quer? Então, você tem que dar uma olhada no VÍDEO deste artigo. Aprenda de maneira Rápida e Definitiva Como Fazer os Resultados e Discussão no TCC, com exemplos Simples e Objetivos para trabalhos com Pesquisa de Campo Ler artigo

Como fazer um TCC passo a passo – plágio e softwares de TCC? O que isso tem a ver com seu TCC? TUDO! Ou você não se importa em ouvir do seu orientador: “Seu trabalho tem plágio! Zero!” É… eu sei que você se importa. O problema é que muitos alunos morrem de medo do plágio, mas não sabem exatamente quando ele acontece. Definir o plágio é muito simples. Plágio é Roubar a Ideia do Outro. Simples assim. Quando você usa uma ideia, texto ou Ler artigo