Documento


A ATUAÇÃO DO ASSISTENTE SOCIAL NA PREVENÇÃO E TRATAMENTO DE USUÁRIOS DE DROGAS: LIMITES E POSSIBILIDADES

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT

DATA DE PUBLICAÇÃO

02/12/2011

RESUMO

O presente trabalho, apresentado à Universidade Estadual de Ponta Grossa, como parte dos requisitos para obtenção do título de Mestre em Ciências Sociais Aplicadas, trata sobre a atuação dos Assistentes Sociais na prevenção e tratamento de usuários de drogas; seus limites e possibilidades. Foi elaborada a partir da análise de questionários e entrevistas que envolveram 07 (sete) assistentes sociais. Teve como objetivos conhecer a prática dos assistentes sociais na área de dependência química, identificando os limites e possibilidades. É uma pesquisa qualitativa, descritiva e explicativa. O trabalho foi realizado pela mestranda com a colaboração de 07 (sete) assistentes sociais. O instrumento aplicado constitui-se de duas partes: um questionário aberto seguido de entrevista, para confirmação das respostas. A totalidade absoluta dos questionários foi devolvida com respostas. As respostas colhidas foram sistematizadas nos limites e possibilidades de atuação dos assistentes sociais e divididos em 3 (três) categorias: prevenção, exclusão social e interdisciplinaridade. A análise procedeu-se de modo global, processando articular as categorias, entendendo a relação dialética de causa e efeito, obtendo uma série de conclusões sobre a prática do assistente social na área de dependência química.

ASSUNTO(S)

drugs drogas drogadicção prevenção exclusão social drugadiction prevention social exclusion ciencias sociais aplicadas




Comentários