Uso de imagens do LISS-3/Resourcesat-1 e do OLI/Landsat-8 no estudo espacial da queda do nível de água no lago de Furnas no ano de 2012

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. Ambient. Água

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-12

RESUMO

O presente trabalho teve como objetivo analisar, por meio de imagens de diferentes sensores e técnicas de geoprocessamento, o efeito da queda do nível de água que ocorreu no Lago de Furnas no ano de 2012. Esta análise foi feita com base nas imagens satélites em três distintos anos: antes do evento (imagens de 2010), durante o evento (imagens de 2012) e depois do evento (imagens do ano de 2013). Para realizar o mapeamento do nível de água nos anos de 2010 e 2012 foram utilizadas imagens do LISS3/Resourcesat-1 e para o ano de 2013 imagens do OLI/Landsat-8, todas processadas e interpretadas em ambiente SIG. O produto final apresenta quatro classes: i) superfície de água permanente nos três anos, ii) superfície seca permanente nos três anos, iii) superfícies de água recuperada e iv) não recuperada até ao último ano (2013). A metodologia consistiu de cinco etapas: preparo, fatiamento, álgebra de mapas, edição matricial e cálculo de áreas. O mapa da redução do nível de água do Lago foi gerado a partir de uma operação matricial algébrica entre as máscaras de superfície de água extraídas das bandas do infravermelho próximo, cujo resultado foi editado manualmente para corrigir erros de classificação. Para validar o mapa foram usadas fotografias veiculadas pela imprensa local, durante o evento de redução de nível de água. Os resultados desta pesquisa permitiram concluir que esta metodologia é fácil de ser reproduzida e pode ser utilizada em outras regiões.This study used satellite images and GIS techniques to analyze the effect of the decrease in water level in Furnas Lake during 2012. The analysis was based on satellite images captured during three different periods: prior to the event (images of 2010), during the year of the event (images of 2012) and after the event (images of the year 2013). LISS3/Resourcesat-1 images were used for the years 2010 and 2012 and OLI/Landsat-8 images for the year 2013. The images were processed and interpreted into a GIS environment. The final product had four classes: i) permanent water surface during the three periods, ii) permanent dry surface during the three periods, iii) recovered water surfaces and iv) not recovered until the last period (2013). The methodology consisted of five stages: preparation, density slice, map algebra, raster editing and area calculation. The map of the water level drop in the Furnas Lake was generated by an algebraic matrix operation between the surface water mask drawn based on the near-infrared bands. The result of this operation was manually edited in order to correct classification errors. For data validating, we compared photographs published by local media during the event with the generated maps. The results showed that this methodology is straightforward and easily reproduced and can be used to assess other regions.

ASSUNTO(S)

agricultural sciences biological sciences engineering exact and earth sciences human sciences

Documentos Relacionados