Um modelo conceitual da decisão de criação de escritório de projetos na área de TI

AUTOR(ES)
FONTE

RAM. Revista de Administração Mackenzie (Online)

DATA DE PUBLICAÇÃO

2010

RESUMO

Escritórios de projetos (EP) são entidades organizacionais às quais são atribuídas diversas responsabilidades relacionadas ao gerenciamento de projetos da organização. Em virtude da aceleração dos investimentos em tecnologia de informação (TI) e do aumento da importância estratégica desses investimentos, a criação dessas entidades começou a se intensificar na década de 1990. Muito embora grandes empresas tenham criado um EP na área de TI (EP-TI), outras optaram por não fazer isso. Este artigo apresenta um modelo conceitual dos direcionadores da decisão de criação de EP-TI, sugerindo que essa decisão depende da satisfação com a entrega dos projetos de TI, da satisfação com o controle do portfólio de projetos de TI, da importância estratégica do portfólio de projetos de TI e da opinião da direção da empresa sobre EP. O modelo foi desenvolvido indutivamente com base na literatura e em quatro estudos de casos. Esta pesquisa contribui para o desenvolvimento da teoria contextual de gerenciamento de projetos por meio do aumento da compreensão das situações em que a criação de EP-TI faz sentido e das situações em que não faz. Para a prática, o modelo conceitual pode ser uma ferramenta muito útil para executivos que estão considerando se devem ou não criar um EP-TI em suas empresas, ajudando-os a tomar decisões mais eficazes.

ASSUNTO(S)

escritório de projetos pmo gerenciamento de projetos administração de sistemas de informação gerenciamento de projetos de tecnologia de informação

Documentos Relacionados