Suprapubic laparoscopic cholecystectomy: technique and preliminary results

AUTOR(ES)
FONTE

ABCD, arq. bras. cir. dig.

DATA DE PUBLICAÇÃO

28/02/2014

RESUMO

Racional: A cirurgia minimamente invasiva abdominal tem evoluído para redução dos portais, culminando com a por incisão única e a operação por orifícios naturais. Porém, estes métodos ainda são dispendiosos, de difícil execução e com resultados estéticos questionáveis. Objetivo : Apresentar a padronização e os resultados preliminares de uma técnica para realização de colecistectomia por acesso suprapúbico pelo princípio que foi chamado de Supra-Pubic Endoscopic Surgery para colecistectomia . Método: Foram pesquisados prospectivamente o índice de massa corporal médio dos pacientes, a média do tempo operatório e os dados clínicos do pós-operatório com vistas às complicações e qualidade de vida. A operação consistiu de incisão: A) umbilical para o instrumental de dissecção e clipagem; B) na região inguinal direita para manipulação e preensão da vesícula biliar; C) suprapúbica para a câmera. Com o paciente em proclive e decúbito lateral esquerdo, a operação transcorria com a câmera no trocarte C. Procedia-se a dissecção e isolamento do pedículo biliar, identificação de ducto e artéria císticas, utilizando instrumental habitual. Colangiografia transoperatória transcística era realizada em todos os casos em que havia indicação. O procedimento era concluído com a clipagem e secção do ducto e artéria cística, ressecção retrógrada da vesícula biliar e extração dela pelo trocarte na incisão umbilical, sob visão direta. Resultados : Foram avaliados 30 pacientes submetidos a esta modalidade cirúrgica entre março e junho de 2012. A média de idade foi de 40,7 anos e as indicações foram: cólica biliar típica em 18 casos (60%); colecistite em cinco casos (16,6%); pancreatite biliar em um caso (3,3%); pólipo em três casos (10%) e icterícia obstrutiva em três casos (10%). O índice de massa corporal médio dos pacientes foi de 27,8 (23,1-35,1) e o tempo cirúrgico variou entre 24 e 70 minutos. Conclusão : A técnica mostrou-se segura e factível, não havendo complicações relevantes, e os resultados estéticos foram satisfatórios. Background : The minimally invasive abdominal surgery has evolved to reduce portals, culminating with a single incision and natural orifice operation. However, these methods are still expensive, difficult to implement and with questionable aesthetic results. Aim : To present the standardization and preliminary results of a technique for performing laparoscopic suprapubic access by the principle which was called the Supra Pubic Endoscopic Surgery for cholecystectomy. Method : The average body mass index of patients, the mean operative time, clinical data of the postoperative complications and quality of life were prospectively studied. The operation incisions consisted of: A) umbilical for instrumental dissection and clipping; B) in the right groin for handling and gallbladder gripping; C) suprapubic for the camera. With the patient in reverse Trendelenburg and left lateral decubitus, the operation flew by the camera trocar in C, proceeding with dissection and isolation of the biliary pedicle, identification of cystic duct and artery, with usual instrumentation. Transcystic intraoperative cholangiography was performed in all cases in which there were indications. The procedure was completed with clipping and sectioning of the cystic duct and artery, retrograde resection of the gallbladder and extracting it by the umbilical trocar incision under direct vision. Results : Thirty patients undergone this surgical procedure between March and June 2012 and were evaluated. The mean age was 40.7 years and the indications were typical biliary colic in 18 cases (60 %), cholecystitis in five cases (16.6 %), biliary pancreatitis in one case (3.3%); polyp in three cases (10%) and obstructive jaundice at three cases (10%). The average body mass index was 27.8 (23.1-35.1) and surgical time ranged between 24 and 70 minutes. Conclusion : The technique proved to be feasible and safe , with no significant complications, and satisfactory cosmetic results.

ASSUNTO(S)

health sciences

Documentos Relacionados