Sport context and the motor development of children

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. bras. cineantropom. desempenho hum.

DATA DE PUBLICAÇÃO

30/11/2013

RESUMO

Nos últimos 30 anos, houve um aumento considerável de pesquisas na área do desenvolvimento motor. Embora as primeiras explicações estivessem fundamentadas em aspectos biológicos, atualmente, as discussões incluem o papel do ambiente neste processo de desenvolvimento motor. O objetivo desse estudo foi comparar o desempenho motor de crianças engajadas em escolinhas esportivas com crianças inseridas apenas nas aulas de educação física. Oitenta e sete crianças oriundas de escolinhas da Ginástica Rítmica (n=20), Handebol (n=26), Futsal (n=16) e crianças inseridas nas aulas de Educação Física (n=25), com idades entre 8 e 10 anos, fizeram parte do estudo. O teste TGMD-2 foi utilizado para verificar o desempenho motor das crianças. A estatística inferencial foi realizada por meio dos testes Kruskal-Wallis, U de Mann-Whitney e Análise Discriminante, com valor de significância α=0,05. Os resultados demonstraram diferenças entre os grupos (p<0,001), sendo que as crianças que participavam apenas das aulas de Educação Física apresentaram menores níveis de desempenho motor, e as crianças engajadas em escolinhas esportivas desempenharam melhor nas habilidades motoras relacionadas às demandas do contexto esportivo. Ainda, o modelo estatístico foi capaz de discriminar e classificar corretamente 79,3% das crianças engajadas ou não, em algum contexto esportivo. Por fim, é possível concluir que o contexto esportivo influencia o nível de desempenho motor e o desempenho das habilidades de acordo com as exigênciasOver the last 30 years there has been a considerable increase of research in the field of motor development. Although the first reports were based on biological factors, current discussions include the role of the environment in the process of motor development. The aim of this study was to compare the motor performance of children enrolled in sports centers to that of children only attending physical education classes. Eighty-seven children aged 8 to 10 years enrolled in centers offering training in rhythmic gymnastics (n=20), handball (n=26) and indoor soccer (n=16) and children attending only physical education classes (n=25) participated in the study. Data were analyzed by inferential statistics using the Kruskal-Wallis test, Mann-Whitney U test and discriminant analysis, adopting a level of significance of α=0.05. The results showed differences between groups (p<0.001). Children attending only physical education classes showed lower performance, whereas children enrolled in sports centers performed better in the motor skills related to the requirements of each discipline. The statistical model also discriminated and classified correctly 79.3% of the children participating or not in some sports discipline. Finally, it is possible to conclude that the sport context influences the level of motor performance and motor skills according to the requirements of the sport practiced.

ASSUNTO(S)

health sciences

Documentos Relacionados