SEROPREVALENCE OF T. cruzi INFECTION IN BLOOD DONORS AND CHAGAS CARDIOMYOPATHY IN PATIENTS FROM THE COAL MINING REGION OF COAHUILA, MEXICO

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. Inst. Med. Trop. Sao Paulo

DATA DE PUBLICAÇÃO

31/03/2014

RESUMO

Contexto e Objetivo: A doença de Chagas é mundialmente considerada uma doença emergente, é endêmica no México e no estado de Coahuila e considerada de pouca relevância. O objetivo do estudo foi determinar a soroprevalência da infecção pelo T. cruzi em doadores de sangue e cardiomiopatia chagásica em pacientes da região carbonífera de Coahuila, México. Desenho e Local: Estudo epidemiológico, exploratório e prospectivo em um hospital geral no período de janeiro a junho de 2011. Métodos: Foram realizados testes de laboratório ELISA e hemoglutinação indireta em três grupos de indivíduos: 1) doadores de sangue voluntários assintomáticos, 2) pacientes internados na área de cardiologia e 3) pacientes com cardiomiopatia dilatada. Resultados: Foram achados três níveis de soroprevalência: 0,31% em indivíduos doadores de sangue assintomáticos, 1,25% em pacientes cardiopatas e, em pacientes com cardiomiopatia dilatada 21,14%. Conclusão: Detectamos casos autóctones de doença de Chagas em área considerada não endêmica. Deve ser determinada sua importância na saúde pública regional e local, para estabelecer os detalhes do mecanismo de transmissão. O estudo ainda está em desenvolvimento.Context and Objective: Chagas disease is considered a worldwide emerging disease; it is endemic in Mexico and the state of Coahuila and is considered of little relevance. The objective of this study was to determine the seroprevalence of T. cruzi infection in blood donors and Chagas cardiomyopathy in patients from the coal mining region of Coahuila, Mexico. Design and Setting: Epidemiological, exploratory and prospective study in a general hospital during the period January to June 2011. Methods: We performed laboratory tests ELISA and indirect hemagglutination in three groups of individuals: 1) asymptomatic voluntary blood donors, 2) patients hospitalized in the cardiology department and 3) patients with dilated cardiomyopathy. Results: There were three levels of seroprevalence: 0.31% in asymptomatic individuals, 1.25% in cardiac patients and in patients with dilated cardiomyopathy in 21.14%. Conclusions: In spite of having detected autochthonous cases of Chagas disease, its importance to local public health remains to be established as well as the details of the dynamics of transmission so that the study is still in progress.

ASSUNTO(S)

biological sciences health sciences

Documentos Relacionados