Remuneração de executivos e desempenho das companhias abertas brasileiras: uma visão empírica após a publicação da Instrução Normativa CVM 480

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT

DATA DE PUBLICAÇÃO

12/11/2012

RESUMO

A remuneração de executivos atraiu nos últimos anos a atenção da sociedade e de investidores, mais especificamente o episódio de "bônus milionários" pagos a executivos norte americanos que receberam volumosas somas em dinheiro, mesmo apresentando resultados deficitários às companhias daquele país. Não obstante, um problema deveras estudado na literatura de finanças é o da assimetria de informação e a relação entre o agente e o principal. A Instrução Normativa 480 publicada pela Comissão de Valores Mobiliarios que, entre outras normatizações, determinou a divulgação de remunerações fixa, variável e baseada em ações de membros de componentes da alta diretoria, comitês estatutário, de auditoria, de risco, financeiro, de remuneração, além do conselho de administração e fiscal, tornou possível a evidenciação empírica dos estudos sobre remuneração executiva e desempenho de companhias presentes no mercado acionário brasileiro. A distinção das pessoas do proprietário e do gestor de um negócio é uma tendência natural da economia globalizada tendo em vista a possibilidade de se ter pessoas altamente capacitadas no comando de uma companhia, qualificadas para as funções que lhe são atribuídas. Assim surge o problema de agência e o problema desta pesquisa: existe relação entre remuneração de executivos e o desempenho de companhias abertas brasileiras? Deste modo, o objetivo geral da pesquisa foi o de verificar se a remuneração paga aos executivos de companhias abertas brasileiras é influenciada pelo desempenho destas empresas. Teve por objetivos específicos também, apresentar a composição da remuneração executiva no Brasil, verificar se a remuneração variável influencia no resultado das companhias brasileiras, identificar e descrever características das empresas tais quais tamanho e setor diferenças entre a remuneração média por setor, estatística descritiva acerca da remuneração no Brasil, investigar a relação existente entre a remuneração de executivos e o desempenho das companhias abertas brasileiras e apresentar a literatura existente que aborde a relação entre remuneração executiva e desempenho de companhias. Foram utilizadas dados em painel com a observação de efeitos fixos e efeitos aleatórios. A pesquisa apresentou relação estatisticamente positiva e significativa entre a remuneração executiva e desempenho de companhias abertas brasileiras. Concluiu que há aumento da remuneração executiva quando há aumento do retorno para o acionista no exercício, no exercício imediatamente anterior e no segundo exercício anterior

ASSUNTO(S)

executivos salários, etc. brasil contabilidade gerencial executivos salários, etc. ciencias contabeis executives - salaries, etc. managerial accounting executives - salaries, etc. - brazil

Documentos Relacionados