Religião e criminalidade: traficantes e evangélicos entre os anos 1980 e 2000 nas favelas cariocas

AUTOR(ES)
FONTE

Relig. soc.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-06

RESUMO

Neste artigo tenho como objetivo discutir a relevância dos estudos de religião para a compreensão de dinâmicas do crime violento em periferias e favelas nas cidades. A abordagem analítica que desenvolvo aqui é inspirada, em parte, nas contundentes reflexões feitas sobre a adesão ao evangelismo não como ruptura com o universo simbólico e semântico anterior. No entanto, se essas análises consideravam a combinação de elementos de outras religiões no interior do pentecostalismo, chamo atenção para combinações, fluxos e passagens entre o universo cristão e criminal ativado por evangélicos e traficantes de drogas no contexto de favelas. Entre os anos 1980 e 2000 são intensas as mudanças verificadas no contato de traficantes com o universo religioso local, evidenciadas pelos símbolos religiosos, mensagens e orações dispostas nos muros, em altares e em outdoors na favela, assim como em tatuagens nos corpos dos próprios traficantes. Os dados empíricos que sustentam minhas análises estão baseados, principalmente, em pesquisas de campo realizadas nas favelas de Acari (nas décadas de 1990 e 2000) e Santa Marta (entre os anos 2005 e 2009).In this paper I aim to discuss the relevance of religious studies for understanding the dynamics of violent crimes in the suburbs and slums in the cities. The analytical approach I develop here is inspired, in part, in the stinging reflections made on adherence to evangelism not as a break with the previous semantic and symbolic universe. However, if these analyzes considered the combination of elements of other religions within Pentecostalism, I call attention to combinations, flows and passages between the Christian and criminal universe activated by evangelicals and drug dealers in the context of slums. Between the years 1980 and 2000 intense changes are observed in the contact between drug dealers and the local religious universe, as evidenced by religious symbols, messages and prayers arranged on the walls, on altars and on billboards in the slums, as well as in tattoos on the bodies of drug dealers themselves. The empirical data supporting my analyzes are based mainly on field research conducted in the slums of Acari (in the decades of 1990 and 2000) and Santa Marta (between 2005 and 2009).

ASSUNTO(S)

human sciences

Documentos Relacionados