Qualidade de vida no trabalho e risco de adoecimento: estudo no poder judiciário brasileiro

AUTOR(ES)
FONTE

Psicol. USPPsicologia USP

RESUMO

A pesquisa visou caracterizar a Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) em um órgão do Poder Judiciário com base na percepção de seus trabalhadores. A abordagem teórico-metodológica adotada foi a Ergonomia da Atividade Aplicada à Qualidade de Vida no Trabalho (EAA_QVT). Participaram da pesquisa 5.164 trabalhadores. A análise quantitativa apontou que, globalmente, os trabalhadores avaliam a QVT em uma zona de bem-estar moderado. O fator mais crítico foi "organização do trabalho", enquanto o fator avaliado mais positivamente foi "elo trabalho-vida social". A pesquisa forneceu subsídios para uma intervenção que consolide as fontes de bem-estar, visando à prevenção de agravos à saúde e à promoção da QVT.

ASSUNTO(S)

human sciences

Documentos Relacionados