Promoção da saúde e redes de lideranças

AUTOR(ES)
FONTE

Physis

DATA DE PUBLICAÇÃO

30/11/2012

RESUMO

O estudo das redes sociais vem ganhando importância no campo da promoção da saúde, dadas a horizontalidade e a sinergia que suscitam ao agregarem grupos em torno de iniciativas que melhoram as condições de vida. Este trabalho apresenta parte dos resultados da investigação "Capela em Ação e a gestão integrada e participativa de políticas públicas", que teve como objetivo avaliar um modelo de gestão da subprefeitura de Capela do Socorro, localizada ao sul da cidade de São Paulo. A análise dos dados foi dedicada ao estudo das relações existentes entre as lideranças locais e sua articulação em redes e ao quanto elas facilitam ações voltadas para a melhoria das condições de vida. O universo de líderes e entidades não foi definido a priori, mas a partir da técnica da bola de neve (snowball). As informações foram obtidas por meio de entrevista semiestruturada, o que permitiu a identificação de grupos, movimentos e entidades e das relações que estabelecem entre si e com o poder público. Os dados mostraram 247 lideranças e 342 associações, bem como a complexidade do modelo de gestão do ponto de vista da construção de redes sociopolíticas como instrumentos de fortalecimento da participação. Nesta pesquisa, pôde-se verificar que mudanças vêm acontecendo na sociedade civil, tanto em termos da sua organização, quanto no desempenho de um papel transformador da realidade. Alguns elementos apontados neste artigo podem subsidiar a gestão local no sentido da criação de espaços de participação que facilitem o engajamento nas políticas públicas.The study of social networks has been gaining importance in health promotion because of the horizontality and synergy created by aggregating groups seeking improved living conditions. Some results of the investigation "Capela in Action and the integrated and participative management of public policies", which assessed an administrative model of the Capela do Socorro sub-prefecture, in southern São Paulo city, are presented. The analysis of the data addressed the relationships between local leaders, their integration into networks and how far these relationships facilitate actions seeking improved living conditions. The universe of leaders and entities was not defined a priori, but empirically from references collected in the field by the snowball technique. Semi-structured interviews identified groups, movements and entities and their relationships with local government. The data identified 247 leadership positions, 342 associations and complexities of the administrative model studied, within the perspective of the construction of social and political networks as instruments of popular participation. Analyses showed that in inter-group relationships, presented as a sociogram, diffuse connections characterized an extensive, sparse network. Changes are underway in civil society, both in organization and social transformation. Some facts pointed here provide local administration with information to create new opportunities for participation and facilitate local leaders' involvement in the implementation of public policies.

ASSUNTO(S)

human sciences

Documentos Relacionados