Produção, qualidade do leite e índices fisiológicos de cabras Alpinas no semiárido no período chuvoso

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. bras. eng. agríc. ambient.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-07

RESUMO

Com este trabalho objetivou-se verificar o efeito do ambiente sobre os índices fisiológicos, produção e qualidade do leite de cabras Parda Alpina, puras e mestiças, no semiárido paraibano, utilizando-se 27 cabras, nove puras, nove ¾ Parda Alpina e nove ½ Parda Alpina, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado. As variáveis ambientais foram registradas através de data logger marca Hobo e os índices fisiológicos aferidos foram: temperatura retal, frequência respiratória, frequência cardíaca e temperatura superficial, nos horários das 8, 12 e 16 h. O leite foi avaliado através das características físico-químicas, contagem bacteriana total (CBT) e contagem de células somáticas (CCS). Os índices bioclimáticos apresentaram valores mais elevados entre as 12 e 15 h porém dentro da zona de conforto térmico para caprinos. Os índices fisiológicos, os parâmetros físico-químicos a CBT e CCS não apresentaram diferença significativa (p > 0,05) entre os grupos genéticos. Houve efeito significativo (p < 0,05) para produção diária de leite com maiores médias para o grupo ¾ Parda Alpina, sugerindo-se essa composição como a mais indicada para a exploração nas condições do trabalho.The objective of this research was to verify the effect of the environment on the physiological indices, production and quality of milk of purebred and crossbred goats Alpine in the semiarid of Paraiba state, with 27 goats, nine pure, nine ¾ Alpine Brown and nine ½ Parda Alpina distributed in a completely randomized design. Environmental variables were recorded using a data logger, and the physiological indices were rectal temperature, respiratory rate, heart rate and skin temperature at 8, 12 and 16 h. The milk was evaluated through the physical and chemical characteristics, total bacterial count (TBC) and somatic cell count (SCC). The bioclimatic indexes showed higher values ​​between 12 and 15 h, but within the zone of thermal comfort for goats. The physiological indices, the physico-chemical parameters, SCC and TBC showed no significant difference (p > 0.05) between the genetic groups. There was significant effect (p < 0.05) for daily milk production, with higher means for the group ¾ Parda Alpina, suggesting that composition as the most suitable for the evaluated conditions.

ASSUNTO(S)

agricultural sciences

Documentos Relacionados