Processo de trabalho e acidentes de trabalho em coletores de lixo domiciliar na cidade do Rio de Janeiro, Brasil

AUTOR(ES)
FONTE

Cadernos de Saúde Pública

DATA DE PUBLICAÇÃO

01/10/1997

RESUMO

O presente trabalho descreve o processo de trabalho da coleta de lixo domiciliar visto pelo próprio trabalhador. A unidade específica de análise foi o grupo de trabalhadores da Companhia Municipal de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro (COMLURB) lotados na gerência de limpeza leste (LGL-3), no bairro do Rio Comprido. A metodologia utilizada baseou-se na recuperação da vivência do trabalhador sobre o seu trabalho, acrescida da observação do pesquisador, registrada em vídeo. Entre os riscos identificados no processo da coleta de lixo, destacam-se: mecânicos (cortes, ferimentos, atropelamentos, quedas graves), ergonômicos (esforço excessivo), biológico (contato com agentes biológicos patogênicos), químico (substâncias químicas tóxicas) e sociais (falta de treinamento para o serviço).

ASSUNTO(S)

saúde do trabalhador saúde ocupacional acidentes do trabalho acidentes local de trabalho

Documentos Relacionados