Physical activity, adiposity and hypertension among patients of public healthcare system

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. bras. epidemiol.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-12

RESUMO

INTRODUÇÃO: A hipertensão arterial é uma doença crônica que exige atenção especial na identificação de comorbidades associadas ou fatores de risco, dos quais se destacam o sedentarismo e a obesidade. Considerando que grande parcela da população brasileira é hipertensa, obesa e sedentária, ainda não está claro o relacionamento entre essas variáveis no contexto do Sistema Único de Saúde (SUS). OBJETIVO: Verificar a associação entre prática de atividades físicas, marcadores de adiposidade corporal e hipertensão arterial em adultos usuários da rede pública de saúde da cidade de Bauru, São Paulo. MÉTODOS: A investigação foi realizada junto a cinco Unidades Básicas de Saúde da cidade de Bauru, São Paulo, e foi composta por 963 pacientes. Foram coletados dados de atividade física habitual e prévia (infância e adolescência), escolaridade, poder aquisitivo e marcadores antropométricos de obesidade geral e abdominal. RESULTADOS: A ocorrência de hipertensão arterial foi de 76,8%. Foram encontradas associações significativas entre sedentarismo, presença de obesidade total e abdominal com a maior ocorrência de hipertensão arterial. Também foi observado que a magnitude da associação entre hipertensão e adiposidade aumentou conforme diminuiu o envolvimento com a prática de atividades físicas. CONCLUSÃO: São necessárias novas investigações sobre a ocorrência de excesso de peso e obesidade em pessoas acometidas por doenças crônicas não transmissíveis com a finalidade de prevenir futuras complicações. INTRODUCTION: Hypertension is a chronic disease that requires special attention in identifying comorbidities or risk factors including inactivity and obesity. Considering that a large proportion of the Brazilian population is hypertensive, obese, and sedentary, the relationship among these variables in the context of the public health system is unclear. OBJECTIVE: To assess the association among physical activity, markers of adiposity, and hypertension in adult users of the public healthcare system in the city of Bauru, São Paulo, Brazil. METHODS: The study was conducted in five Basic Health Units in Bauru, São Paulo, and consisted of 963 patients. Data were collected from habitual physical activity and previous (childhood and adolescence), education, purchasing power and anthropometric markers of overall and abdominal obesity. RESULTS: The incidence of hypertension was 76.8%. Significant associations were found among sedentarism, presence of total and abdominal obesity, with the higher incidence of hypertension. It was also observed that the magnitude of association between hypertension and adiposity increased with decreased involvement in physical activity. CONCLUSION: Further investigations are needed to analyze the occurrence of overweight and obesity in people suffering from chronic diseases in order to prevent future complications.

ASSUNTO(S)

health sciences

Documentos Relacionados