Percepção dos consumidores sobre o bem-estar dos animais de produção em Fortaleza, Ceará

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. Ciênc. Agron.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-06

RESUMO

A preocupação com o bem-estar dos animais de produção tem sido muito debatida no meio acadêmico. Contudo, para que o bem-estar animal seja aplicado amplamente nas propriedades rurais é necessário que haja demanda dos consumidores por este produto diferenciado. Diante disso, o principal objetivo deste trabalho foi avaliar o nível de conhecimento dos consumidores de produtos de origem animal, de Fortaleza, Ceará, sobre o bem-estar dos animais de produção e sua disposição em pagar por produtos que levem em consideração as questões do bem-estar animal. Para tanto, foi aplicado um questionário, contendo dez questões a respeito do tema bem-estar animal, a um total de 216 entrevistados, escolhidos de forma aleatória, levando-se em consideração o sexo, a faixa etária, a escolaridade e a renda familiar dos entrevistados. Os dados coletados foram analisados através de percentagem e através de um teste não-paramétrico de significância, o qui-quadrado. Os resultados mostraram que a maioria dos consumidores não possui conhecimento suficiente sobre as questões relacionadas ao bem-estar dos animais, porém acreditam que uma criação diferenciada pode resultar em melhorias no produto final. Os consumidores, de Fortaleza, estão dispostos a pagar mais por produtos de qualidade superior e interessados em produtos com certificação, que garanta sua qualidade final.Concern for the welfare of farm animals has been much debated in academic circles. However, for animal welfare to be broadly applied on rural properties it is necessary that there be consumer demand for this special product. The main objective of this study therefore, was to assess the level of awareness among consumers of animal products in Fortaleza, Ceará, of the welfare of livestock, and also their willingness to pay for products that take into account the issues of animal welfare. For this purpose, a questionnaire containing ten questions on the subject of animal welfare was administered to a total of 216 randomly-selected respondents, taking into account the sex, age, level of education and family income of those selected. The data collected were analysed using percentages and the chi-square test, a non-parametric test of significance. The results showed that most consumers do not have sufficient knowledge on issues related to animal welfare, but believe that different rearing methods can result in improvements in the final product. Consumers in Fortaleza are willing to pay more for better quality products and are interested in products being certified in order to ensure their final quality.

ASSUNTO(S)

agricultural sciences

Documentos Relacionados