Participação masculina em modalidades de atividades físicas de um Programa para idosos: um estudo longitudinal

AUTOR(ES)
FONTE

Ciênc. saúde coletiva

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-08

RESUMO

O objetivo do artigo é descrever a participação masculina em um programa de atividades físicas para idosos do sul do Brasil, no período de dez anos (2003-2013). Os dados do estudo foram extraídos de um banco de dados e analisados por meio da estatística descritiva, inferencial e análise de conteúdo temática. O primeiro momento do estudo foi de cunho longitudinal (de 2003 a 2013) e teve 163 idosos participantes e, no segundo momento, foi transversal, referente ao ano de 2013, e contou com 45 idosos. A participação masculina foi, em média, 3,5 vezes menor do que feminina em todos os anos analisados, e a modalidade mais praticada foi a natação. No ano de 2013, a média de idade dos homens idosos foi de 68 ± 7,8 anos. A maioria deles é casado, possui elevada escolaridade, bom poder aquisitivo, autopercepção de saúde positiva, possui uma ou mais doenças diagnosticadas e não faz outra atividade física fora do programa. De acordo com os idosos, os motivos de ingresso mais citados foram a busca por qualidade de vida e saúde e, de permanência, a aquisição do gosto pela prática de atividade física. A compreensão do perfil desses indivíduos e dos motivos que os sensibilizaram são ferramentas importantes para decifrar essa questão e auxiliar na redefinição de políticas públicas voltadas a essa população.The article seeks to describe male participation on a physical activity program for the elderly in the south of Brazil over a ten-year period (2003-2013). The data of the study were extracted from a database and assessed using descriptive and inferential statistics and assessment of the thematic content. The first phase of the study was longitudinal (from 2003 to 2013) with 163 elderly participants, while the second phase was cross-sectional for the year of 2013 with 45 elderly individuals. Male participation was, on average, 3.5 times lower than female participation for all years assessed, and the activity most practiced was swimming. In the year 2013, the average age of the elderly men was 68 ± 7.8 years. Most of them are married, have tertiary education, good acquisitive power, positive self perception of health, one or more diagnosed diseases, and do not participate in any other physical activity outside the program. According to the elderly, the reasons for participating most cited was the search for quality of life and health and, for continuing to exercise, acquiring the taste for the physical activity. Understanding the profile of these individuals and of the reasons that motivate them are important tools to comprehend the issue and help to define public politics directed at this population group.

ASSUNTO(S)

health sciences

Documentos Relacionados