Os licenciados em Portugal: uma tipificação de perfis de inserção profissional

AUTOR(ES)
FONTE

Educ. Pesqui.

DATA DE PUBLICAÇÃO

30/11/2013

RESUMO

A adequação entre o nível e tipo de formação académica e a situação profissional é um tema presente sempre que se aborda a temática da inserção profissional dos licenciados. Pretende-se, com este artigo, analisar as situações profissionais de diplomados portugueses do ensino superior cinco anos após a conclusão da licenciatura, à luz da problemática da inserção e transição profissional. Enquadra-se a relação entre sistema de ensino e mercado de trabalho comparando-se indicadores internacionais que contextualizam o caso português, de modo a discutir os resultados empíricos que caracterizam a situação profissional vivida em 2010 por uma amostra de 1.004 diplomados de duas universidades portuguesas. Definem-se cinco tipos de situações profissionais a partir de técnicas de análise multivariadas e reflete-se sobre os perfis encontrados. Conclui-se que a maioria dos licenciados exerce uma atividade profissional adequada ao seu nível de graduação, com rendimentos salariais, vínculos laborais e horários adequados ao grupo dos especialistas das actividades intelectuais e científicas. Porém, a análise mais fina revela-nos uma configuração hierárquica das situações profissionais num continuum que se organiza desde a inserção frágil à inserção qualificante associada às áreas de formação frequentadas. Os diplomados nas áreas de educação, artes e humanidades ocupam as situações profissionais mais precarizantes, contrastando com a sobrerrepresentação nos empregos mais favoráveis dos licenciados das áreas de saúde, economia, gestão e direito.Adequacy of educational background to professional situation is a subject that emerges whenever the theme of graduates' professional transition is approached. This paper intends to analyze the professional situations of Portuguese higher education degree holders five years after they attained their degree, in light of questions related to professional transition. We examine the relationship between the educational system and the labor market by comparing international indicators that serve as a context for the Portuguese case, in order to discuss the empirical results that characterize the professional situation experienced in 2010 by a sample of 1,004 higher education degree holders from two Portuguese universities. Five types of professional situation are defined based on multivariate analysis techniques and then reflected on the profiles found. We concluded that the majority of graduates perform professional activities that are adequate for their education level, with earnings, employment contracts and work hours as well as to those of the specialists in intellectual and scientific activities group. However, a more refined analysis reveals a hierarchical arrangement of professional situations in a continuum ranging from fragile to qualifying professional transition, associated with graduates study field. Education, Arts and Humanities degree holders are in the most precarious labor situations, in contrast with an over-representation of Health, Finance, Management and Law degree holders in the most favorable jobs.

ASSUNTO(S)

human sciences

Documentos Relacionados