O perfil do conhecimento experiencial do professor de gestão de custos que atua em um curso de Ciencias Contábeis

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT

DATA DE PUBLICAÇÃO

09/11/2011

RESUMO

O presente trabalho é estimulado pelas investigações atuais sobre a formação de docentes universitários que, ao lado de estudos sobre o cotidiano escolar, constituem o conjunto de temas considerados como mobilizadores da reflexão didática e da prática de ensino superior. Saber como o professor vem utilizando seus materiais e recursos e como vêm construindo suas atividades pedagógicas têm a ver diretamente com a significação da função docente. Essa pesquisa teve como objetivo delinear o perfil do conhecimento experiencial do professor que ministra a disciplina de Gestão de Custos no curso de Ciências Contábeis oferecido por uma IES do Estado de São Paulo, procurando identificar os processos que estruturam e dão sentido às suas práticas pedagógicas no contexto universitário. Para tanto, realizou-se uma pesquisa exploratória - qualitativa. Os dados foram coletados por meio de observação e de entrevista, buscando identificar aspectos da vida profissional e da prática pedagógica do professor, sob a forma de descrição e interpretação de suas experiências vivenciadas, de seu habitus e de seus saberes procedimentais. Constatou-se que a construção do saber experiencial do professor acontece por meio do domínio de campos didáticos tais como: a) o modo como o professor apresenta a matéria aos alunos; b) o planejamento de ensino; c) a gestão da sala de aula; d) a gestão do conteúdo. Pode-se perceber que o saber docente do professor se estrutura a partir das experiências por ele vivenciadas no âmbito pessoal, acadêmico, profissional e organizacional. Seu modo de ser e de estar na docência, seu habitus professoral, tende a configurar as disposições, ou as maneiras de agir na prática pedagógica. Estas disposições se fazem presentes nas aulas do professor, seja em forma de um saber fazer, seja como instrumento de expectativas e/ou padrões de julgamento e de avaliação de alunos e de comportamentos. Conclui-se que o processo de construção do saber experiencial do professor não ocorre no vazio, seu desenvolvimento profissional e suas atuações pedagógicas estão inseridos em contexto real e específico, com os quais suas práticas devem estar em sintonia e para os quais devem dar respostas. Neste sentido, este trabalho contribui com dados para a criação de propostas de acompanhamento e de fomento às experiências dos professores para que possam desenvolver a criatividade e a originalidade da prática cotidiana e da geração de um habitus reflexivo indispensável para o aprimoramento dos saberes docentes.

ASSUNTO(S)

ciencias contabeis professores - formação didática contabilidade - estudo e ensino (superior) accounting - study and teaching (higher) teachers - in-service training didatics

Documentos Relacionados