O estilo interativo das profissionais do sexo de belo horizonte: um estudo sobre estratégias linguísticas

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT

DATA DE PUBLICAÇÃO

22/08/2011

RESUMO

Este estudo tem por objetivo desvelar o estilo interativo de prostitutas que trabalham na Avenida Afonso Pena, região centro-sul, de Belo Horizonte. Em relação às estratégias linguísticas, buscou-se analisar quais elementos contribuíram para a promoção da polidez negativa, da polidez positiva e a relação estabelecida entre estes para com a construção da identidade social dessas mulheres. Neste trabalho foi realizada uma pesquisa etnográfica, nos moldes de um estudo de caso, pois essa metodologia permitiu a investigação detalhada de elementos considerando-se o contexto social em que as prostitutas estavam inseridas, dando voz às atrizes sociais. Os pressupostos teóricos de Goffman (1963, 1967) serviram como principal referência para o desenvolvimento das análises expostas ao longo dessa pesquisa, destacando-se também os estudos de Brown e Levinson (1987) e de Valério (2003) para o tratamento das estratégias de polidez e, os de Moita Lopes (2008), de Rajagopalan (1998) e de Ciampa (1992) para compreensão da construção da identidade social. A partir dos dados obtidos, observou-se que o estilo interativo dessas prostitutas se pautou, de forma significativa, por um lado, em agregar elementos que consideram positivos para o exercício da prostituição e, por outro, em se desvencilhar de estigmas.

ASSUNTO(S)

análise do discurso teses. papel social teses. análise da conversação teses. prostitutas belo horizonte (mg) condições sociais teses. prostitutas belo horizonte (mg) linguagem teses. identidade social teses. prostituição brasil teses. lingüística teses. estratégia interacional teses.

Documentos Relacionados