O aluno surdo na escola regular : imagem e ação do professo

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2000

RESUMO

Com o aumento da demanda de alunos surdos na escola regular devido à política de inclusão atualmente defendida, é fundamental conhecer a imagem que professores de escola regular estão construindo a respeito da surdez e do aluno surdo; bem como a influência desta imagem na sua prática pedagógica. No presente trabalho, assumiu-se a concepção de imagem como proposta pela psicologia social, tendo como referência teórica os estudos de Moscovici sobre representação social. Na busca de conhecer a imagem que professoras de salas para ouvintes têm de seus alunos surdos, procedeu-se à entrevista e observação em sala de aula de sete professoras de escola regular que têm aluno surdo na sua classe de 1ª a 4ª série do ensino fundamental os quais fazem parte do Programa de Apoio à Escolaridade do Cepre - F.C.M - Unicamp. Com base na proposta de Bardin, foi realizada uma pré-leitura das entrevistas e das observações e estabelecidas as seguintes categorias temáticas: aspecto intelectual, comportamental, linguagem e de aprendizagem. A análise dos dados evidenciou que, embora as professoras não tenham formação específica na área da surdez, todas perceberam que a dificuldade com a linguagem interfere tanto nos aspectos comportamentais, como intelectuais e de aprendizagem, o que é confirmado na literatura sobre surdez. No entanto, ainda que afirmem acharem o aluno surdo inteligente e com aprendizagem normal, na prática, a atitude das professoras deixa transparecer a imagem de que o aluno surdo é menos capaz que o ouvinte.

ASSUNTO(S)

pratica de ensino imagem (psicologia) surdez surdos - educação.

Documentos Relacionados