Novos rumos do sindicalismo no Brasil

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. bras. Ci. Soc.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-10

RESUMO

O objetivo deste artigo é resgatar o debate sobre os rumos do corporativismo no Brasil após a redemocratização e avaliar o impacto das mudanças institucionais recentes para o sistema de intermediação de interesse. A retomada da abordagem corporativista na literatura internacional permite um contraponto para o debate interno ao recolocar a importância das dimensões organizacionais e de "modo de tomada de decisão" para caracterizar o corporativismo como sistema de intermediação de interesses. A partir dessa leitura, o trabalho aponta para o fortalecimento da estrutura sindical, particularmente das organizações de cúpula, e para a multiplicação e a consolidação de diversas arenas tripartite, responsáveis pela definição de temas importantes da política pública. Esses novos traços parecem aproximar cada vez o modelo brasileiro do tipo societário de corporativismo, em oposição ao pluralismo.The purpose of this article is to rescue the debate about the direction of corporatism in Brazil after the democratization, as well as to assess the impact of the recent institutional changes on the system of interest intermediation. The resumption of the corporatist approach on the international literature allows for a counterpoint to the internal debate, as it reinforces the importance of the organizational dimensions and the "mode of decision making" to characterize the corporatist interest intermediation. The argument points to the strengthening of the trade union structure, particularly of its top organizations, and to the multiplication and consolidation of several tripartite arenas responsible for the definition of important issues of public policy. These new traces seem to place the Brazilian model of corporatism closer to the "societal" type, as opposed to pluralism.

ASSUNTO(S)

human sciences

Documentos Relacionados