Neoliberalismo na América do Sul: a reinvenção por meio do estado

AUTOR(ES)
FONTE

Contexto int.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-06

RESUMO

Neste texto, são discutidas as atuais abordagens acerca dos pressupostos aninhados na perspectiva do novo-desenvolvimentismo, como também expostos os alcances e os limites deste mesmo por meio de uma perspectiva estrutural com intuito de ofertar, dentro dos fenômenos das relações internacionais, algumas variáveis intervenientes que implicam a formação ou atualização da ideia de desenvolvimento em um contexto Sul-Sul. Quanto ao novo-desenvolvimentismo, uma combinação de práticas econômicas por meio da "dirigência" do Estado nacional é destacada no núcleo duro do argumento em um hibridismo analítico, o qual assenta os principais argumentos nas capacidades internas do próprio Estado. Nessa linha, o presente artigo indexa as ações atuais pelo desenvolvimento dentro de uma perspectiva superestrutural, que embolsa, criticamente, uma leitura segura no entorno daquilo que se pensa como desenvolvimento nacional.In this text we discuss current approaches to the assumptions embedded in views of the new developmentalism. We further expose the scope and limits of that approach using a structural perspective with the purpose of identifying intervening variables that imply the formation or upgrading of the idea of ??development in a South-South context. Regarding the new developmentalism, in the core of the argument we highlight a combination of economic practices exercised through the national state which focus on the state's own internal capabilities. Our argument analyzes current development actions from a superstructural perspective, offering a critical reading - a reading in safe surroundings - of what is thought to be national development.

ASSUNTO(S)

human sciences

Documentos Relacionados