Necrose pancreática delimitada e outros conceitos atuais na avaliação radiológica da pancreatite aguda

AUTOR(ES)
FONTE

Radiol Bras

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-06

RESUMO

A pancreatite aguda é uma condição inflamatória causada por ativação intracelular e extravasamento inapropriado de enzimas proteolíticas que determinam destruição do parênquima pancreático e dos tecidos peripancreáticos. Consiste em uma condição clínica bastante frequente, identificando-se duas formas principais de apresentação: a forma edematosa, menos intensa, e a forma necrosante, a forma grave da doença que acomete uma proporção significativa dos pacientes. A avaliação radiológica, sobretudo por tomografia computadorizada, tem papel fundamental na definição da conduta nos casos graves, sobretudo no que diz respeito à caracterização das complicações locais, que têm implicação prognóstica, e na determinação do tipo de abordagem terapêutica. Novos conceitos incluem a subdivisão da pancreatite necrosante nas formas de necrose do parênquima pancreático concomitante com necrose dos tecidos peripancreáticos ou necrose restrita aos tecidos peripancreáticos. Além disso, houve sistematização dos termos: acúmulos líquidos agudos peripancreáticos, pseudocisto, alterações pós-necróticas pancreáticas/peripancreáticas e necrose pancreática delimitada. Tal conhecimento é de extrema relevância no sentido de uniformizar a linguagem entre os especialistas envolvidos no diagnóstico e tratamento desses pacientes.Acute pancreatitis is an inflammatory condition caused by intracellular activation and extravasation of inappropriate proteolytic enzymes determining destruction of pancreatic parenchyma and peripancreatic tissues. This is a fairly common clinical condition with two main presentations, namely, endematous pancreatitis - a less severe presentation -, and necrotizing pancreatitis - the most severe presentation that affects a significant part of patients. The radiological evaluation, particularly by computed tomography, plays a fundamental role in the definition of the management of severe cases, especially regarding the characterization of local complications with implications in the prognosis and in the definition of the therapeutic approach. New concepts include the subdivision of necrotizing pancreatitis into the following presentations: pancreatic parenchymal necrosis with concomitant peripancreatic tissue necrosis, and necrosis restricted to peripancreatic tissues. Moreover, there was a systematization of the terms acute peripancreatic fluid collection, pseudocyst, post-necrotic pancreatic/peripancreatic fluid collections and walled-off pancreatic necrosis. The knowledge about such terms is extremely relevant to standardize the terminology utilized by specialists involved in the diagnosis and treatment of these patients.

ASSUNTO(S)

health sciences

Documentos Relacionados