Mensuração do capital regulamentar para risco de mercado através das metologias VaR e Maturity Ladder : minimização das diferenças / Measurement of regulatory capital for market risk through VaR and Maturity Ladder methodologies : minimization of the differences

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT

DATA DE PUBLICAÇÃO

29/06/2012

RESUMO

Para a existência de um sistema financeiro sólido e estável é essencial que as instituições financeiras gerenciem bem os seus riscos. A partir da publicação dos Acordos de Basileia, as autoridades supervisoras passaram a exigir a alocação de um capital regulamentar proporcional aos riscos incorridos por cada instituição. O capital regulamentar busca garantir a existência de recursos suficientes para a absorção de perdas inesperadas e seu cálculo considera os riscos de crédito, mercado e operacional. Para o gerenciamento do risco de mercado, as instituições utilizam modelos internos baseados em VaR - Value at Risk. Porém, algumas das parcelas do modelo padronizado adotado para o cálculo do capital regulamentar baseiam-se na metodologia Maturity Ladder. O primeiro modelo é mais sensível ao risco e varia conforme a volatilidade dos ativos. O segundo é menos sensível ao risco e baseia-se nos conceitos de Duration. O objetivo desse trabalho é a redefinição dos parâmetros utilizados no método Maturity Ladder de forma a aproximá-lo aos modelos baseados em VaR. Para a minimização das diferenças entre as metodologias foi utilizado um modelo de otimização baseado em Algoritmo Genético. Os resultados encontrados sugerem que os dois métodos não são totalmente comparáveis e a existência de casos extremos independentemente da escolha dos parâmetros.

ASSUNTO(S)

bancos centrais - regulamentação bancos - regulamentação - brasil capital (economia) risco (economia) algoritmos genéticos cantral banks banks and banking capital risk genetic algorithms

Documentos Relacionados