Las tecnologías del cuerpo en el debate público: análisis del debate parlamentario de la Ley de Identidad de Género argentina

AUTOR(ES)
FONTE

Sex., Salud Soc. (Rio J.)

DATA DE PUBLICAÇÃO

31/03/2014

RESUMO

Este artigo indaga sobre o modo com o qual as transformações recentes no campo da biomedicina têm eco em regulações que processam demandas dos coletivos de travestis, transexuais e transgênero na Argentina. Para isso, analisa-se o debate parlamentar que culminou com a sanção da Lei de Identidade de Gênero de 2012. Tal debate é abordado dando-se especial atenção aos sentidos em torno das tecnologias biomédicas de transformação corporal e seu vínculo com representações de gênero, corpo, assim como do que se concebe como público ou privado.This paper interrogates how recent tranfsormations in the biomedical field have resonated upon regulations responding to the legal claims of transvesti, transsexual, and transgender collectives in Argentina. The parliamentary debates that lead to the passing of the Gender Identity Act of 2012 are analyzed, looking in particular at the meanings of biomedical technologies of body transformation, representations of gender and the body, as well as conceptions of public and private.

ASSUNTO(S)

human sciences

Documentos Relacionados