Kant e o monstro

AUTOR(ES)
FONTE

Kriterion

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-06

RESUMO

O artigo procura avaliar a consolidação e os desdobramentos da função heurística e simbólica ocupada pelo Ungeheuer [o monstro ou o monstruoso] na filosofia kantiana, tendo em vista a emergência do horizonte da racionalidade moderna. Uma reconfiguração dessas imagens do Monstro e da Monstruosidade parece ter lugar no momento mesmo em que a filosofia moderna procurou pensar sua identidade e seus limites. O pensamento de Kant, que ocupa - de fato ou de direito - um lugar central nessa ruptura, apresentaria de modo exemplar, embora não evidente, o percurso dessa transformação.This work intends to evaluate the origins and developments of the symbolic and heuristic function at stake in the term Ungeheuer [the monster or the monstrous] within Kant's philosophy, regarding the rising horizon of modern rationality. A reconfiguration of the Monster and Monstrous imagery seems to take place right at the moment when modern philosophy had to reflect upon its own identity and limits. Kant's thought, that occupies - de jure or de facto - a central place within this rupture could exemplarily, but not obviously, show the path of such transformation.

ASSUNTO(S)

human sciences

Documentos Relacionados