Interferências no consórcio de milho com Urochloa spp.

AUTOR(ES)
FONTE

Cienc. Rural

DATA DE PUBLICAÇÃO

30/09/2013

RESUMO

Objetivou-se com este trabalho estudar a inter-relação entre a cultura de milho e cultivares de Urochloa spp. em consórcio, assim como a interferência de plantas daninhas nesses sistemas. O ensaio foi aleatorizado em três blocos em esquema de parcelas subdivididas, sendo as parcelas constituídas por sete sistemas de produção (Urochloa brizantha cv. 'Marandu' e cv. 'Piatã' e U. decumbens cv. 'Basilisk' em cultivo solteiro e em consórcio com o milho e cultivo solteiro de milho) e as subparcelas pelo controle de plantas daninhas (com e sem capina manual). Verificou-se que o estabelecimento dos consórcios de milho com as cultivares de Urochloa spp. não afeta os componentes de rendimento de produção, altura e produtividade do milho, assim como não reduz a comunidade de plantas daninhas, mas interfere na densidade populacional e massa de matéria seca por planta e por área das cultivares de Urochloa spp. Houve níveis de interferência semelhantes das plantas daninhas entre os sistemas de produção sem capina, devido à similaridade entre suas comunidades de plantas daninhas, com predomínio de espécies consideradas altamente competitivas, como Panicum maximum, e à predominância de espécies como Richardia brasiliensis e Ageratum conyzoides, associadas ao controle com capina.This research was carried out to study the interaction between the corn and Urochloa spp. cultivars in association, as well as the interference of weeds in this cropping system. A randomized experiment in three blocks with split-plots design was conducted. The plots consisted of seven cropping systems (Urochloa brizantha cv. 'Marandu' and cv. 'Piatã' and U. decumbens cv. 'Basilisk' a sole culture and in association with corn as well as the sole culture of corn) and the split-plots by weed control (with and without weeding). It was found that the establishment of corn-Urochloa spp. cultivars association does not affect yield components such as height and grain yield, nor reduces the weed community, but interferes in the density, mass of dry matter per plant and per area of Urochloa spp. cultivars. There were similar levels of interference of weeds between cropping systems without weeding due to the similarity between the weed communities, showing the predominance of species considered as highly competitive such as Panicum maximum and also due to the low infestation with predominance of species such as Richardia brasiliensis and Ageratum conyzoides, associated with weed control.

ASSUNTO(S)

agricultural sciences

Documentos Relacionados