Integrating transportation and land use planning at the metropolitan level in North America: multilevel governance in Toronto and Chicago

AUTOR(ES)
FONTE

urbe, Rev. Bras. Gest. Urbana

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-08

RESUMO

Este artigo compara as políticas públicas e os processos pelos quais o planejamento de transporte e uso do solo estão integrados na área metropolitana de Toronto (Canadá) e de Chicago (Estados Unidos). A partir de 24 entrevistas semiestruturadas com respondentes chave, descreve-se a sequência de intervenções efetuadas por atores governamentais e não governamentais em seus respectivos domínios, para esclarecer como os desafios de integrar o planejamento de transportes e do uso do solo são geridos em ambos os lados. Evidências da dinâmica política em Toronto e em Chicago demonstram que a capacidade das instituições metropolitanas de adotarem e implementarem planos que integrem transporte e uso do solo dependem essencialmente da liderança da cidade polo ou do governo estadual. Embora o governo federal de cada país possa passar sobre o nível subnacional e intervir em questões locais através do financiamento de projetos de transporte que incluam o uso do solo como componente, sua capacidade de promover uma visão metropolitana coerente é inerentemente limitada. Na ausência de liderança no nível da província ou do estado, a presença de um empreendedor da política pública ou uma forte capacidade cívica regional podem se consolidar como elementos chave na adoção e implementação de reformas inovadoras.This article compares the policies and processes by which transportation and land use planning are integrated in metropolitan Toronto, Canada, and Chicago, in the United States. Using twenty-four semi-structured interviews with key informants, it describes the array of interventions undertaken by governmental and non-governmental actors in their respective domains to shed light on how the challenge of integrating transportation and land use planning is addressed on both sides of the border. Evidence concerning the political dynamics in Toronto and Chicago demonstrates that the capacity of metropolitan institutions to adopt and implement plans that integrate transportation with land use fundamentally depends on the leadership of the province or the state government. Although the federal government of each nation can bypass the sub-national level and intervene in local affairs by funding transportation projects that include land use components, its capacity to promote a coherent metropolitan vision is inherently limited. In the absence of leadership at the provincial or state level, the presence of a policy entrepreneur or a strong civic capacity at the regional level can be a key factor in the adoption and implementation of innovative reforms.

ASSUNTO(S)

applied social sciences

Documentos Relacionados