Iniciação e consumo de substâncias psicoativas entre adolescentes e adultos jovens de Centro de Atenção Psicossocial Antidrogas/CAPS-AD

AUTOR(ES)
FONTE

Ciênc. saúde coletiva

DATA DE PUBLICAÇÃO

28/02/2014

RESUMO

O estudo tem como objetivo caracterizar a iniciação e o padrão de consumo de substâncias psicoativas, entre adolescentes e adultos jovens matriculados em Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas - CAPS AD. Foram utilizados os registros dos atendimentos, sendo o padrão de consumo classificado segundo a OMS: uso pouco frequente (uso na vida, no ano ou no mês até cinco dias); uso frequente (de seis até 19 vezes nos últimos 30 dias); uso pesado (> 20 vezes nos últimos 30 dias); na comparação das faixas etárias utilizou-se teste de proporções e para análise das associações, calculou-se prevalência/P e razão de prevalência/RP, com significância de 5% e intervalo de confiança 95%. No total de adolescentes e jovens atendidos entre 2003 e 2008 (475), a maioria foi masculina, solteira, com baixa escolaridade, coabitando com pais e sintomas psíquicos. Constatou-se significância estatística para idade de iniciação ao consumo: adolescentes, em relação aos jovens iniciaram mais precocemente (< 14 anos): o consumo de tabaco; maconha, cocaína; crack e outras SPA. Entre adolescentes, verificou-se resultados significantes para consumo menos frequente de tabaco; mais frequente de álcool; e consumo pesado de maconha. Esses achados podem contribuir para programas preventivos e terapêuticos do CAPS-AD.The study seeks to characterize the initiation and consumption pattern of psychoactive substances among adolescents and young adults enrolled in an Alcohol and Drug Psychosocial Care Center (CAPS-AD). This study was conducted with records of attendance and the consumption pattern was classified in accordance with WHO: infrequent use (lifetime use, per year or up to five days per month); frequent use (6 to 19 times in the past 30 days); heavy use (> 20 times in the last 30 days). In the age group comparison, the test for proportion and association analysis was used and the prevalence and prevalence ratio was calculated with a significance level of 5% and 95% confidence interval. Of the total of adolescents and young adults treated between 2003 and 2008 (475), most were male, single, poorly educated, live with relations and have psychic symptoms. Statistical significance was found for age at initiation of use: adolescents compared to young adults started earlier (< 14 years): tobacco, marijuana, cocaine, crack and other SPA consumption. Among adolescents, significant results were found for the less frequent consumption of tobacco, more frequent use of alcohol, and heavy consumption of marijuana. These findings may contribute to the preventive and therapeutic CAPS-AD programs.

ASSUNTO(S)

health sciences

Documentos Relacionados