Iniciação científica: percepção do interesse de acadêmicos de odontologia de uma universidade brasileira

AUTOR(ES)
FONTE

Saude soc.

DATA DE PUBLICAÇÃO

28/02/2014

RESUMO

A iniciação científica é uma oportunidade aos acadêmicos de desenvolver senso crítico, ético e profissional, com o intuito de aumentar a evidenciação científica e conduzir o que de melhor a prática odontológica pode oferecer. A universidade é um cenário importante de estímulo e incentivo à pesquisa, tendo um papel fundamental no desenvolvimento desta atividade, sendo necessário o apoio institucional e de professores interessados. O objetivo é conhecer o interesse dos graduandos do curso de Odontologia da Universidade Federal do Espírito Santo em relação à pesquisa científica. O estudo se caracteriza como descritivo transversal com abordagem quanti/qualitativa. A coleta de dados foi realizada com 101 acadêmicos do curso de Odontologia da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) através de um questionário semiestruturado, pré-validado, contendo perguntas sobre o interesse em pesquisa, participação em jornadas científicas e sobre o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Os resultados encontrados foram: 79,2% relatam gostar de pesquisa científica e 81,19% têm interesse em pesquisar. É principalmente no 3o e 4o períodos que os alunos começam a frequentar eventos científicos, e na sua maioria, no 5o e 6o períodos começam a elaborar e apresentar trabalhos científicos. Conclui-se que um número considerável de acadêmicos de Odontologia mostra interesse e participa de pesquisas científicas, mesmo que a falta de incentivo financeiro, apoio dos professores e da infraestrutura não colabore para a realização de estudos com maior evidência científica.Undergraduate research is an opportunity for students to develop critical, ethical and professional thought, in order to increase the scientific disclosure and conducts in accordance to the best dental practice available. The university is an important scenario where to stimulate and encourage research, playing a key role in the development of this activity; for that, institutional support and interested teachers is necessary. The objective of this research is to know the interest of undergraduate students of Dentistry at the Federal University of Espirito Santo regarding scientific research. The study is characterized as a cross-sectional, quantitative / qualitative approach. Data collection was conducted with 101 students of Dentistry at Federal University of Espirito Santo (UFES) through a semi-structured, pre-validated questionnaire, including questions about the interest in research, participation in scientific conferences and Graduation Monography. The results were: 79.2% reported liking for scientific research and has 81.19% interest in research. It is mainly in the 3rd and 4th periods that students begin to attend scientific meetings, and mostly on the 5th and 6th period begin to prepare and present scientific papers. It is concluded that considerable number of dental students shows interest and participate in scientific research, in spite of the lack of financial incentive, teacher support and infrastructure, which do not facilitate the conduction of studies collecting more scientific evidence.

ASSUNTO(S)

health sciences human sciences

Documentos Relacionados