Influências das políticas e práticas de gestão de pessoas na institucionalização da cultura de segurança

AUTOR(ES)
FONTE

Prod.

DATA DE PUBLICAÇÃO

30/11/2012

RESUMO

Objetivou-se descrever e analisar as influências das políticas e práticas de gestão de pessoas no processo de institucionalização da cultura de segurança numa indústria de grande porte. Teoricamente articularam-se quatro eixos centrais: (1) processo de institucionalização (BERGER; LUCKMANN, 2008); (2) segurança e cultura de segurança (HANSEN, 1993; GELLER, 2002); (3) políticas e práticas de gestão de pessoas (FLEURY; FISCHER, 1996); e (4) liderança e processo de mudança cultural (SCHEIN, 2004; SMIRCICH; MORGAN, 1997). Realizou-se um estudo de caso qualitativo (YIN, 2005; TRIVIÑOS, 2008), sendo os dados coletados via triangulação (JICK, 1979) e submetidos a análise temática de conteúdo (BARDIN, 2009; MINAYO, 2008). Evidências empíricas indicam o reconhecimento do papel da área de gestão de pessoas no processo de institucionalização da cultura de segurança, que encontra no fator humano o seu "dificultador", pois, em grande parte das situações, é atribuído ao trabalhador a responsabilidade pela ocorrência do acidente.The article aims to describe and analyze the influence of human management policies and practices at a safety culture institutionalization process in a high size industry. Theoretically four central axles were articulated: (1) institutionalization process (BERGER; LUCKMANN, 2008); (2) safety and safety culture (HANSEN, 1993; GELLER, 2002); (3) human management policies and practices (FLEURY; FISCHER, 1996); and, (4) leadership and the cultural change process (SCHEIN, 2004; SMIRCICH; MORGAN, 1997). It was realized a qualitative case study (YIN, 2005; TRIVIÑOS, 2008). Data were collected via triangulation (JICK, 1979) and submitted to thematic content analyses (BARDIN, 2009; MINAYO, 2008). Empirical evidences signalizes the recognition of the human management role at safety culture institutionalization process, that consider the human factor the "Achilles' heel", therefore, in most of situations it is imputed to the worker the responsibility to the accident event at work.

ASSUNTO(S)

engineering

Documentos Relacionados