Influência da perda auditiva na qualidade de vida de motoristas de ônibus aposentados / The influence of hearing loss on quality of life of retired bus drivers in São Paulo city

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT

DATA DE PUBLICAÇÃO

07/10/2011

RESUMO

OBJETIVOS: Estimar a prevalência de perda auditiva entre os motoristas de ônibus aposentados da cidade de São Paulo e verificar a influência da perda auditiva na qualidade de vida desses trabalhadores. MÉTODOS: Estudo transversal, com uma amostra composta por 309 motoristas de ônibus aposentados da cidade de São Paulo. Os trabalhadores foram submetidos a exame audiométrico e aplicação de questionário sobre qualidade de vida criado pela Organização Mundial da Saúde (WHOQOL- Bref), além de questões gerais e de saúde auditiva. Foram estudados 309 motoristas de ônibus aposentados da cidade de São Paulo entre 45 e 60 anos de idade com média de 56.8 anos. RESULTADOS: A prevalência de perda auditiva encontrada nesta população foi de 60.2% em pelo menos uma das orelhas. Considerou-se como variável dependente o valor do escore obtido através da aplicação do WHOQOL - Bref e como variáveis independentes todas as demais variáveis agregadas ao questionário. Pôde-se constatar que houve força de associação entre pior qualidade de vida e idade, renda, e presença de perda auditiva. CONCLUSÕES: A prevalência de perda auditiva entre os motoristas de ônibus aposentados foi de 60.2%, em pelo menos uma das orelhas. Houve força de associação entre pior qualidade de vida e idade, renda, e presença de perda auditiva nos motoristas entrevistados

ASSUNTO(S)

aposentados drivers hearing loss motoristas perda auditiva qualidade de vida quality of life retired ruído urbano urban noise

Documentos Relacionados