Governança em higiene e limpeza hospitalar: implicações para o trabalho de enfermagem / Governance in hospital hygiene and housekeeping: implications for nursing work.

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT

DATA DE PUBLICAÇÃO

03/10/2012

RESUMO

A governança na hotelaria hospitalar, atualmente, tem se mostrado como tendência. Considerando, na atualidade, a realidade dos serviços e as perspectivas sobre a implantação do serviço de governança hospitalar, voltada para a melhoria no processo de gestão, constata- se que ainda são incipientes as publicações científicas sobre a temática. A interface entre o serviço de governança em higiene e limpeza e o trabalho da equipe de enfermagem justificou a investigação das implicações da implantação do serviço de governança em higiene e limpeza, para o trabalho da equipe de enfermagem. O objetivo deste estudo foi caracterizar a implantação do serviço de governança em higiene e limpeza de unidade, em um hospital público, e as implicações positivas e negativas para o trabalho de enfermagem. Trata-se de pesquisa exploratória, realizada em hospital de ensino, nas enfermarias de clínica médica, pesquisa essa desenvolvida em duas fases, a primeira com o levantamento documental que possibilitou a análise sobre a dificuldade de reposição do quadro de pessoal e os fatos cronológicos do processo de implantação da governança. A segunda, um estudo de caso descritivo, adotou-se a Técnica do Incidente Crítico como norteadora dos procedimentos metodológicos, realizada com 11 enfermeiros, 28 auxiliares e dois técnicos de enfermagem. Os resultados foram agrupados em 82 incidentes críticos extraídos dos relatos. A análise dos dados constou da identificação e do agrupamento de 146 comportamentos, \"demonstrar desconhecimento sobre o controle de infecção\" (13%) obteve a maior frequência negativa. Foram extraídas e agrupadas 166 consequências. As referências negativas redundaram em aspectos que influenciam a qualidade da assistência prestada ao paciente, ou seja, aspectos relativos à supervisão e à padronização do trabalho da equipe de governança em higiene e limpeza de unidade, que podem comprometer a assistência ao paciente. As referências positivas dizem respeito ao âmbito operacional, como agilidade na admissão de pacientes na unidade, que tem implicação no trabalho de enfermagem. Os resultados permitem entender a implantação do serviço de governança em higiene e limpeza hospitalar como possibilidade de reposição do quadro de recursos humanos, mas é presente o desafio de se avançar nesse processo no tocante à qualificação de pessoal para o trabalho em governança em higiene e limpeza, supervisão e interação com a equipe de enfermagem.

ASSUNTO(S)

administração hospitalar enfermagem hospital administration nursing organização e administração organization and administration

Documentos Relacionados