Formas de aprender na dimensão prática da atuação do enfermeiro assistencial

AUTOR(ES)
FONTE

Revista Brasileira de Enfermagem

DATA DE PUBLICAÇÃO

01/10/2005

RESUMO

Este estudo que foi desenvolvido em um hospital universitário na cidade do Rio de Janeiro e objetivou identificar formas de aprendizagem na prática assistencial do enfermeiro na organização hospitalar. O suporte teórico foi derivado da contribuição de Donald Shön, Philippe Perrenoud e Patricia Benner. Trata-se de um estudo de caso com abordagem qualitativa cujos dados foram coletados por meio de entrevista semi-estruturada e grupo focal. Na análise de dados, aplicou-se a técnica de análise de conteúdo. Os resultados sugerem que, na instituição, predominam duas modalidades de aprendizagem: a) que traz à tona elementos de transformação e b) que favorece a reprodução. Os enfermeiros alternam esses modelos a partir de variáveis tais como: tempo de atuação na área, ambiente construído no trabalho e identidade pessoal.

ASSUNTO(S)

educação em enfermagem gerência equipe de enfermagem

Documentos Relacionados