Fitorreguladores e espectros de luz na micropropagação de Oncidium baueri Lindl

AUTOR(ES)
FONTE

Cienc. RuralCiência Rural

RESUMO

Considerando que algumas espécies de orquídeas estão ameaçadas de extinção, a micropropagação é uma alternativa para a produção de um grande número de mudas com qualidade, em curto espaço de tempo. Dentre os fatores que poderão interferir na eficácia dessa técnica, podem ser citados os fitorreguladores e o espectro da luz. Assim, o objetivo do trabalho foi verificar a multiplicação e o enraizamento in vitro da orquídea Oncidium baueri com uso de diferentes concentrações de fitorreguladores e distintos filtros modificadores da luz natural. Para a multiplicação dos explantes, foram avaliados dois fatores: diferentes concentrações de 6-benzilaminopurina (BAP) (0, 1,0 e 2,0mg L-1) e espectro de luz, com uso ou não de filtros (azul, vermelho, verde); no período de enraizamento, testaram-se duas concentrações de ácido indolbutírico (AIB) (0 e 0,1mg L-1) e os mesmos níveis de luz. Concluiu-se que, durante a multiplicação, a não utilização de BAP e filtros proporciona maior número de folhas, brotações e maior comprimento dessas brotações. Na etapa de enraizamento, obtiveram-se raízes mais desenvolvidas em meio de cultura com 0,1mg L-1 de AIB.

ASSUNTO(S)

agricultural sciences

Documentos Relacionados