Documento


Estudo radiomorfológico do tendão fibular longo junto ao osso cuboide

AUTOR(ES)
FONTE

Radiologia Brasileira

DATA DE PUBLICAÇÃO

01/06/2009

RESUMO

OBJETIVO: Relatar os aspectos morfológicos e avaliar, radiograficamente, o segmento do tendão do músculo fibular longo em contato com o osso cuboide, em cadáveres, e relatar a incidência do ossículo fibular em seu interior, utilizando-se, em alguns casos, da análise histológica. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram estudados 50 segmentos tendinosos, sendo radiografados para determinar a presença ou não de ossículo acessório no interior do tendão. As peças nas quais a presença era duvidosa foram seccionadas e submetidas a avaliação macroscópica. Nos casos em que ainda persistiam dúvidas, as peças foram histologicamente avaliadas em hematoxilina-eosina. Um segmento que demonstrou a presença de ossificação também foi analisado histologicamente, a título de ilustração. RESULTADOS: Todos os fragmentos apresentavam dilatação fusiforme na área de curvatura sob o cuboide. Após o estudo radiográfico, 29 desses fragmentos não tinham ossificação, 13 tinham ossificação e 8 eram duvidosos. Após a análise macroscópica, uma peça apresentou ossificação e cinco, não. As duas peças restantes continuaram indefinidas, sendo então analisadas histologicamente, e não se observou ossificação. CONCLUSÃO: Todas as peças demonstraram espessamento local na curvatura sob o cuboide. Entretanto, após análise quantitativa, nos dois casos submetidos ao estudo histológico foi verificado que o tendão era composto de fibrocartilagem e revestido por cartilagem hialina na superfície de contato com o osso. Assim, os segmentos apresentaram o ossículo fibular do ponto de vista morfológico em 28%, e do ponto de vista radiográfico, em 26% dos casos.

ASSUNTO(S)

fibular longo os peroneum sesamoide




Comentários