Estatística espacial de varredura na detecção de áreas de risco para a cisticercose bovina no estado da Bahia

AUTOR(ES)
FONTE

Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia

DATA DE PUBLICAÇÃO

01/10/2012

RESUMO

No intuito de classificar a distribuição geográfica da procedência dos animais infectados e mensurar as áreas quanto ao risco de se contrair a cisticercose bovina, foi utilizada a análise espacial de varredura para identificação de aglomerados de risco a partir dos casos positivos para o Cysticercus bovis registrados no período de 2006 a 2007, provenientes de seis matadouros frigoríficos do Serviço de Inspeção Federal, distribuídos para fins administrativos em Territórios de Identidade do estado da Bahia. O número de bovinos abatidos foi de 825.951, dentre os quais (0,7%) 5.395 foram diagnosticados positivos para a doença, mediante a inspeção post mortem dos animais. A análise espacial de varredura, por meio do teste da razão de verossimilhança, demonstrou que a distribuição da cisticercose bovina se concentra, com menor probabilidade de ter ocorrido ao acaso, em área geográfica definida, com risco estimado em 13,6, englobando 101 municípios do estado pertencentes aos territórios de Itapetinga, Litoral Sul, Médio Rio de Contas, Vitória da Conquista e Extremo Sul.

ASSUNTO(S)

cisticercose bovina análise espacial distribuição geográfica

Documentos Relacionados