Espécies da Caatinga como alternativa para o desenvolvimento de novos fitofármacos

AUTOR(ES)
FONTE

Floresta Ambient.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-12

RESUMO

Grande parte do semiárido brasileiro encontra-se em avançado processo de degradação e poucos estudos direcionam seu desenvolvimento em consonância com essa realidade. Diante deste contexto, foi realizado um levantamento etnobotânico, a fim de subsidiar pesquisas sobre fitofármacos ocorrentes em espécies da Caatinga. Para tal, foram aplicados questionários a 256 famílias, visando a documentar o conhecimento local referente às espécies arbustivo-arbóreas utilizadas como medicinais pela população rural do município de Monteiro-PB. Procurou-se, por meio do levantamento florístico de um fragmento florestal, com aproximadamente 30 anos de conservação, verificar a distribuição das espécies citadas nas entrevistas. Constataram-se 37 espécies identificadas no fragmento florestal avaliado e 38 no levantamento etnobotânico, com 14 espécies em comum entre os levantamentos. As espécies Myracrodruon urundeuva, Sideroxylon obtusifolium, Amburana cearensis, Triplaris gardneriana, Anadenanthera colubrina, Hymenaea courbaril e Bauhinia cheilantha apresentaram-se promissoras para pesquisas voltadas à obtenção de fitofármacos.Much of the Brazilian semiarid region is in advanced stage of degradation, and few studies direct their development in line with this reality. In this work, we carried out an ethnobotanical survey comprising 256 families. The survey aimed to identify the species used in traditional medicine by the population of the municipality of Monteiro, Paraiba state. A floristic inventory of all species was conducted in a forest fragment with 30 years of conservation in order to identify the availability of the species that are most used by the local population. Thirty-eight species were identified in the ethnobotanical survey and 37 in the forest fragment; of these, 14 were common to both groups. Myracrodruon urundeuva, Sideroxylon obtusifolium, Amburana cearensis Triplaris gardneriana, Anadenanthera colubrina, Hymenaea courbaril, and Bauhinia cheilantha were identified as the most potential species for research on phytochemicals.

ASSUNTO(S)

agricultural sciences

Documentos Relacionados