Erros de prescrição de medicamentos em um hospital brasileiro

AUTOR(ES)
FONTE

Revista da Associação Médica Brasileira

DATA DE PUBLICAÇÃO

01/06/2011

RESUMO

OBJETIVO: Identificar a prevalência de erros clinicamente significativos em prescrição de hospital universitário brasileiro, comparando sua ocorrência em 2003 e 2007. MÉTODOS: Análise das prescrições quanto às variáveis/grupo de variáveis como legibilidade, cumprimento de procedimentos legais e institucionais e análise de erros de prescrição. RESULTADOS: Quando calculadas as taxas de prevalência dos erros de prescrição clinicamente significativos, evidenciou-se uma redução estatisticamente significante [ano 2003 (29,25%), ano 2007 (24,20%); (z = 2,99; p = 0,03)], sendo refletido sobre a taxa de segurança [ano 2003 (70,75%), ano 2007 (75,80%); (z = 3,30; p = 0,0001]. CONCLUSÃO: Apesar de significativo, o aumento na taxa de segurança foi reflexo da redução quantitativa dos erros, não sendo observada diferença na gravidade dos mesmos entre os períodos. Nossos resultados sugerem que as medidas institucionais adotadas foram capazes de reduzir o número de erros, mas foram inefetivas na redução da gravidade dos mesmos.

ASSUNTO(S)

prescrições de medicamentos erros de medicação serviço hospitalar de educação

Documentos Relacionados