Faça uma monografia perfeita!

Faça parte da nossa lista exclusiva de acadêmicos e receba dicas imperdíveis para seu TCC.

Não gostamos de SPAM assim como você!

Efeito do pó de resíduo cerâmico como adição ativa para o concreto

AUTOR(ES)
FONTE

Ambient. constr.

DATA DE PUBLICAÇÃO

28/02/2014

RESUMO

Este trabalho estuda a utilização de pó de resíduo de cerâmica em substituição parcial ao cimento Portland na produção de concretos. Na análise da atividade pozolânica desse material, o ensaio com argamassa de cimento resultou em um índice de 76,9%. Para avaliar o comportamento do concreto, foram produzidas misturas com substituição de 10%, 20% e 40% do cimento pela adição de pó de resíduo cerâmico. Ensaios de resistência mecânica à compressão mostraram que, aos 28 dias, houve redução de 11% dessa propriedade para a substituição de 10% do cimento; houve aumento de 11% para a substituição de 20% do cimento; e 17% de redução para a substituição de 40% do cimento. O módulo de elasticidade dos concretos não sofreu significativas variações, registrando-se apenas um aumento de 8% para o concreto com 20% de adição. Não houve grandes variações nos índices físicos com a introdução da adição ao concreto. Pode-se concluir que a substituição do cimento por adição de pó cerâmico, nos teores estudados, não causou significativa redução da resistência mecânica, rigidez e compacidade nos concretos estudados, indicando a viabilidade de sua aplicação em concretos, com vantagens relacionadas à preservação ambiental, pela incorporação do resíduo cerâmico.This paper investigates the use of ceramic waste powder in the partial replacement of Portland cement to produce concretes. The analysis of the pozzolanic activity of this mineral admixture resulted in an index of 76.9%. In order to study the behavior of the concrete, mixtures with 10%, 20% and 40% of cement replacement content were prepared. Compressive tests have shown an 11% strength reduction for the 10% replacement concrete, an 11% strength increase for the 20% replacement concrete and a 17% strength reduction for the 40% replacement concrete. Elastic modulus tests of the concrete mixtures have not shown any considerable variations, with an increase of just 8% for the concrete with 20% mineral admixture content. Minor variations in the physical properties of the concrete were observed with the introduction of the admixture. The concl;usion was made that the partial replacement of cement by the ceramic powder admixture at the levels studied caused no significant reduction in mechanical strength, stiffness or porosity in the concrete mixtures.

ASSUNTO(S)

engineering




Comentários