Efeito de dieta cetogênica à base de óleo de coco sobre as crises convulsivas de ratos portadores de epilepsia induzida por pilocarpina / Effect of the ketogenic diet based on coconut oil upon seizures of rats with epilepsy induced by pilocarpine

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT

DATA DE PUBLICAÇÃO

20/04/2011

RESUMO

A epilepsia é um disturbio crônico da função cerebral, caracterizado pela presença de crises convulsivas recorrentes e espontâneas. Trata-se de uma das mais frequentes e graves doenças neurológicas, que afeta cerca de 50 milhões de pessoas no mundo, principalmente crianças. Dentre estas, 40% apresentam crises refratárias às drogas antiepilépticas existentes. Opções não farmacológicas, como cirurgia, estimulação do nervo vago e dieta cetogênica, são oportunas. Esta dieta, utilizada desde 1921 no tratamento da epilepsia fármaco-resistente, caracteriza-se por alta concentração de lipídeos e, frequentemente, por baixa concentração de carboidratos e proteínas. Tradicionalmente, a dieta cetogênica utiliza como fonte lipídica os triacilgliceróis de cadeia longa (TCL); porém, os triacilgliceróis de cadeia média (TCM) são considerados um substrato alternativo, por promoverem cetonemia/cetonúria de forma mais rápida. O óleo proveniente do coco (Cocos nucifera L.) representa uma fonte natural de TCM, sendo utilizado para diversos fins, inclusive terapêuticos. A presente dissertação visa investigar os efeitos de dieta cetogênica à base de óleo de coco e óleo de soja sobre as crises convulsivas de ratos epilépticos. É constituída por um capítulo de revisão, intitulado Epilepsias fármaco-resistentes: uma ênfase no tratamento cetogênico, e um artigo de resultados, intitulado Efeito de dieta cetogênica à base de óleo de coco sobre as crises convulsivas de ratos portadores de epilepsia induzida por pilocarpina. O artigo trata de um estudo experimental realizado com ratos Wistar, alocados em três grupos (n=10), denominados, segundo a dieta recebida, em Controle (dieta padrão AIN-93G), CetoTAGcoco (dieta cetogênica à base de óleo de coco; AIN-93G modificada, com 7% de óleo de soja, 22,79% de óleo de coco extra-virgem e 40% de margarina) e CetoTAGsoja (dieta cetogênica à base de óleo de soja; AIN-93G modificada, com 29,79% de óleo de soja e 40% de margarina). A proporção lipídeos: carboidratos+proteína das dietas cetogênicas foi de 3,5:1 (dieta controle, 1:11,8). O período experimental totalizou 19 dias. Os animais submetidos aos tratamentos cetogênicos apresentaram consumo alimentar (g) inferior, porém, consumo energético (Kcal) e ganho de peso corporal (g) semelhantes ao grupo Controle. As análises comportamentais demonstraram que os animais dos grupos experimentais não diferiram entre si quanto à freqüência e à duração total das crises; entretanto, os animais do grupo CetoTAGCcoco tiveram menor duração média de crises no 19 dia, que o grupo Controle (0,000,00 contra 22,7812,95, respectivamente; p<0,05). Adicionalmente, o grupo CetoTAGcoco apresentou valores inferiores de variação de frequência e de duração das crises entre o 19 e o 1 dia de tratamento, que o grupo Controle (9,001,73 contra 11,001,00, para freqüência, e 20,8012,61 contra 49,1421,15, para duração, respectivamente; p<0,05). Os resultados do presente estudo apontam para um possível efeito protetor da dieta cetogênica à base de óleo de coco extra-virgem sobre as crises convulsivas. Tais resultados, associados a estudos que atestem a confiabilidade e a tolerância do consumo de óleo de coco, particularmente em proporções cetogênicas, poderiam indicar um benefício potencial deste óleo no controle das crises convulsivas, especialmente para indivíduos portadores de epilepsia refratária a medicamentos.

ASSUNTO(S)

ketogenic diet medium chain triacylglycerols coconut oil epilepsy nutricao dieta cetogênica triacilglicerol de cadeia média Óleo de coco epilepsia

Documentos Relacionados