Doses and sources of nitrogen on yield and bromatological composition of xaraés grass

AUTOR(ES)
FONTE

Ciênc. anim. bras.

DATA DE PUBLICAÇÃO

31/08/2013

RESUMO

O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito de doses e fontes de nitrogênio na produção de massa seca e composição bromatológica do capim-xaraés em diferentes estações do ano. O experimento foi conduzido no Campus da Faculdade de Agronomia da Universidade de Rio Verde, no período de outubro de 2008 a janeiro de 2010. O delineamento experimental utilizado foi em blocos completos ao acaso, em esquema fatorial 2 x 4, com medidas repetidas no tempo, com quatro repetições. Foram testadas duas fontes de nitrogênio (sulfato de amônio e uréia) e quatro doses de nitrogênio (0, 200, 400 e 600 kg ha-1). As avaliações foram realizadas durante o ano, nas estações de outono, inverno, primavera e verão, nas mesmas parcelas. Os resultados demonstraram que a máxima produção de massa seca e teores de PB do capim-xaraés nas fontes de ureia e sulfato de amônio foram estimados nas doses de 500 e 472 kg ha-1 e de 407 e 396 kg ha-1 de N, respectivamente. E para os teores de NDT a dose máxima foi de 404,74 kg ha-1 de N, na fonte de sulfato de amônio. Esse resultado indica que independente da fonte nitrogenada, a aplicação de doses crescentes de até 400 kg ha-1 de nitrogênio no capim-xaraés é suficiente para manter uma alta produção de massa seca, associada ao valor nutritivo da forragem. A fonte de sulfato de amônio mostrou maior eficiência na produção de massa seca do capim-xaraés nas estações analisadas.This study evaluated the effect of nitrogen sources and doses on dry matter yield and bromatological composition of xaraés grass throughout the year. The experiment was carried out at the Agronomy Faculty of Rio Verde University from October 2008 to January 2010. The experiment consisted of a randomized complete block design in a 2 x 4 factorial arrangement with measures repeated in time, and four replications. We tested two nitrogen sources (ammonium sulfate and urea) and four nitrogen levels (0, 200, 400 and 600 kg ha-1). The evaluations were conducted on the same plots throughout the year and during all four seasons (autumn, winter, spring, and summer). The results demonstrated that the maximum grass production of dry matter and crude protein of xaraés grass for the sources of urea and ammonium sulfate were estimated at doses of 500 and 472 kg ha-1 and 407 and 396 kg N ha-1, respectively. And for TDN level the maximum dose was 404.74 kg ha-1 N, for the source of ammonium sulfate. This result indicates that, regardless of the source, the application of increasing doses of up to 400 kg ha-1 of nitrogen in xaraés grass is sufficient to maintain a high dry matter production, associated with the nutritional value of the forage. The source ammonium sulfate demonstrated higher efficacy for xaraés grass dry matter production in the seasons evaluated, however additional studies are needed to evaluate the economical feasibility of its use.

ASSUNTO(S)

agricultural sciences

Documentos Relacionados