Desenvolvimento de medidas integradas de saúde e de ambiente para apoio à tomada de decisão / Development of integrated health and environment measures using Fuzzy logic to support decision making

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT

DATA DE PUBLICAÇÃO

12/09/2012

RESUMO

As investigações acerca da relação entre as áreas de saúde e ambiente são atuais no debate sobre desenvolvimento sustentável, embora abordem fenômenos complexos e envolvendo incerteza de conhecimento. O uso de medidas síntese representa uma maneira de apreender parte da realidade nesses temas a fim de subsidiar atividades e tomadas de decisões. O objetivo dessa tese foi integrar informações de saúde e de ambiente e propor um indicador para avaliação de países desenvolvidos e em desenvolvimento. Para tanto foram desenvolvidos dois estudos com o uso de fundamentos da Teoria de Conjuntos Fuzzy. O primeiro estudo destinava- se a avaliar os estados e capitais do Brasil, com base em indicadores no escopo da atenção primária em saúde e cobertura de serviços de saneamento básico, integrados em uma medida síntese: o Índice Agregado de Saúde Ambiental. Os resultados do modelo fuzzy, comparados com outras medidas de sustentabilidade, sugerem situações de desigualdades no país. As regiões norte, nordeste e parte da centro-oeste apresentaram os menores valores do indicador em contrapartida aos maiores valores encontrados nas regiões sul e sudeste. O Índice Agregado de Saúde Ambiental tem potencial para formulação de hipóteses e também colaborar no debate acerca do desenvolvimento sustentável. O segundo estudo visou classificar o cenário de saneamento ambiental dos municípios do Algarve, litoral de Portugal, com uso de informações quantitativas, qualitativas e, também, medidas de opinião. A medida síntese integrada recebeu a denominação de Índice de Saneamento Ambiental. A elaboração do modelo fuzzy envolveu a participação de especialistas do Ministério da Saúde de Portugal. Os resultados do modelo fuzzy sugerem uma assimetria intra- regional com um grupo de municípios Alcoutim, Monchique e Silves que reúnem os menores valores dessa medida síntese e de outros indicadores de sustentabilidade. Por fim, as medidas de ambos os estudos foram comparadas com outras de sustentabilidade e encerram evidências da viabilidade de medidas integradas de saúde e ambiente e apontam para propriedades do uso de métodos com a lógica fuzzy.

ASSUNTO(S)

environmental health fuzzy logic health status indicators indicadores ambientais indicadores básicos de saúde lógica fuzzy public health saúde ambiental saúde pública

Documentos Relacionados