(Des) motivação na educação física escolar: uma análise a partir da teoria da autodeterminação

AUTOR(ES)
FONTE

Revista Brasileira de Ciências do Esporte

RESUMO

Resumo O estudo objetivou identificar a presença da desmotivação na educação física escolar, por meio da teoria da autodeterminação, com vistas à compreensão de possibilidades de intervenção. Aplicamos o questionário de Goudas, Biddle e Fox (1994) para 371 alunos de educação física do ensino médio. Na análise dos dados usamos o teste de Mann-Whitney e o alpha de Conbrach. Os resultados indicaram baixa prevalência de desmotivação (7,3%); evidenciaram que para esse contexto de estudo a motivação prevaleceu e contrariaram achados anteriores. A pesquisa aponta algumas estratégias que podem auxiliar no processo de ensino-aprendizagem.

Documentos Relacionados