Faça uma monografia perfeita!

Faça parte da nossa lista exclusiva de acadêmicos e receba dicas imperdíveis para seu TCC.

Não gostamos de SPAM assim como você!

De operário a supervisor: a aprendizagem das competências gerenciais no setor da construção civil

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2008

RESUMO

A atuação gerencial e suas competências têm sido tema freqüente de estudos na literatura acadêmica, porém, a maioria das pesquisas versa o desenvolvimento gerencial em níveis estratégicos de atuação. Nesse estudo, destaca-se a gerência operacional no setor da construção civil representada por supervisores de obras, reconhecidamente com grande experiência e conhecimento tácito dos processos produtivos. Com formação escolar semelhante a dos demais trabalhadores operacionais, estes supervisores desenvolveram competências gerenciais para conseguir mobilizar grandes equipes em direção aos objetivos definidos e de acordo com os padrões e valores culturais da organização. No entanto, peculiaridades diferenciam o setor da construção civil de outros da indústria de produção, que interferem diretamente no processo de desenvolvimento de seus profissionais. A principal é a mobilidade do local no qual ocorre a produção, já que a empresa da construção civil deixa o produto pronto e se retira do lugar, diferentemente de outras indústrias, nas quais o produto é que deixa a planta da empresa. Outra característica é a descontinuidade do fluxo do processo produtivo, que precisa ser iniciado a cada nova obra e, geralmente, com operários contratados localmente, ressaltando a importância do supervisor como legítimo representante da organização no comando destes trabalhadores. Estudos realizados mostraram que são necessários muitos anos de experiência para alcançar a posição de supervisão no setor. Muito do conhecimento e aprimoramento das principais operações é gerado pelas equipes operacionais, e o supervisor atua como aglutinador desse processo. Assim, a experiência acumulada do saber-fazer parece ficar restrita a poucos profissionais deste nível de supervisão em relação ao todo de profissionais operacionais que atuam no setor. Isso reflete a dificuldade encontrada de contratação de novos supervisores no mercado e ressalta a importância de se propiciar o desenvolvimento de trabalhadores para a função no próprio local de trabalho e por novas formas, já que a condição nômade dificulta um processo de aprendizagem tradicional e formal. Por isso, o objetivo deste trabalho foi analisar como ocorre a passagem da posição de operário a supervisor, investigando o processo de aprendizagem das competências gerenciais demandadas pela função. Foi realizado um estudo de caso qualitativo numa empresa de grande porte no setor da construção civil, onde foram entrevistados supervisores e gerentes alocados em diferentes empreendimentos e regiões. A análise dos resultados da pesquisa teve como suporte teorias que tratam da aprendizagem pela experiência, considerando os fatores individuais e organizacionais que podem interferir no processo e na aquisição de competências. A identificação das competências dos supervisores de obras foi analisada a partir das dimensões da definição de competência de Zarifian: (a) tomar iniciativas e assumir responsabilidades; (b) entendimento prático com base em conhecimentos adquiridos; (c) mobilizar a rede de atores; e (d) compartilhar implicações e assumir responsabilidades. O estudo colaborou na identificação de experiências e ações de aprendizagem não-tradicionais no local de trabalho, para desenvolver as competências do supervisor de obras, que podem acelerar sua aprendizagem e minimizar as dificuldades inerentes ao setor.

ASSUNTO(S)

administracao de empresas gerência operacional aprendizagem pela experiência competencies operational management civil construction construção civil competências experiential learning




Comentários